Outubro 1918

Nascimentos em Leopoldina:

1 Out 1918,

Maria Tripoli

pais: Umberto Tipoli e Elvira Teixeira da Conceição


3 Out 1918,

Hermes

pais: Virgilio Garcia de Matos e Virgilina Machado

Iolanda

pais: Pedro José Pacheco e Dorcelina Amélia de Jesus


9 Out 1918,

Eugenio Fofano

pais: Carlo Batista Fofano e Amabile Stefani


13 Out 1918,

Antonio Minelli

pais: Giulio Minelli e Maria da Conceição Lopes de Barros


14 Out 1918,

Geraldo

pais: Manoel Francisco da Silva e Francisca Rodrigues de Souza


25 Out 1918,

Graciema

pais: Raimundo de Vargas Ferreira Brito e Horácia Machado da Silva

99 – Costa Cruz – Raimundo, Armando e Antônio Martins da Costa Cruz

Para encerrar a apresentação da família de Joaquim José da Costa Cruz e Ana Joaquina Martins da Costa, o Trem de História aborda os dois últimos filhos do casal.

Raimundo Martins da Costa Cruz é o nono filho do casal Joaquim José e Ana Joaquina. Nasceu[1] em Leopoldina em 1864. Casou-se com Tereza de Souza Lima, filha de João José de Souza Lima e Carlota Raquel de Souza Barroso, em 09.05.1885, em Cataguarino, Cataguases[2].

Em novembro de 1888 Raimundo aparece como proprietário do Engenho Central Raymundo Cruz & Comp. em Leopoldina[3]. Com as pesquisas realizadas até agora não foi possível apurar se tal empresa seria uma das fornecedoras do Engenho Central Aracaty, cujos sócios majoritários eram seu irmão Custódio José e seu cunhado Teófilo Ribeiro.

Raimundo era eleitor em Leopoldina em 1892 e na ata de qualificação é mencionado como lavrador. Em 1897 foi nomeado[4] Capitão da 2ª Cia do 70º Batalhão de Infantaria da Guarda Nacional.

Segundo o pesquisador Luiz Hisse, Raimundo Martins da Costa Cruz teve uma filha de nome Maria Delfim Cruz que foi a segunda esposa de Fernando de Freitas Pacheco, filho de Honório de Freitas Pacheco e Candida Josefina de Avila Meireles. Do casamento de Maria Delfim com Fernando de Freitas Pacheco são os filhos: Jaime, Vicente, Cândida, Teresinha e Eugênia da Cruz Pacheco.

 Em nossas buscas foram encontrados os seguintes filhos de Raimundo Martins da Costa Cruz e Tereza de Souza Lima, todos eles nascidos em Leopoldina: 1 – Guiomar (n.1886)[5], casou-se com seu primo Artur Martins da Costa Cruz. Segundo Joana Capella, o Cel. Arthur era proprietário da fazenda Retiro, em Cataguarino. Arthur era filho de Antonio Martins da Costa Cruz (irmão de Raymundo) e Barbara Rodrigues, filha de Manoel Affonso Rodrigues Junior. Manoel Affonso era de Leopoldina e foi para Cataguarino com o pai e irmãos. Foi dono da fazenda Cachoeira do Funil; 2 – José (n.1888)[6]. Casou-se com Augusta de Souza Pinto. O casal teve pelo menos a filha Josefina, nascida[7] em 1925, em Leopoldina; 3 – Maria José (n.1892)[8]; 4 – Silvio (n.1894) [9[; e, 5 – Custódio (n.1896)[10].

Armando Martins da Costa Cruz é o décimo filho do casal Joaquim José e Ana Joaquina. Nasceu em Leopoldina em janeiro de 1865. Dele não se tem mais notícias.

Antônio Martins da Costa Cruz é o filho caçula do casal Joaquim José e Ana Joaquina. Casou-se com Rita e, em segundas núpcias, com Carlota Rodrigues com quem teve os filhos: 1 – Cornélia, nascida em Cataguases, casou-se [11] com seu primo Joaquim Martins Guerra, filho de João Batista Martins Guerra e Teresa Martins da Costa Cruz, já citados nesta série; 2 – Manoel Olímpio casou-se com Laudelina Martins Guerra, irmã de seu cunhado João Batista. Tiveram dois filhos: Eduardo e Joaquim Martins da Costa Cruz, este nascido em 1898, casado com Lúcia Santos e, conforme Pedro Maciel Vidigal foi prefeito de Cataguases; e, 3 – Artur, casado com sua prima Guiomar de Lima da Costa Cruz, primeira das filhas de seus tios Raimundo Martins da Costa Cruz e Tereza de Souza Lima, citados anteriormente.

Registre-se que no livro de matrículas do Colégio Caraça de 1900 consta um Joaquim Martins da Costa Cruz, filho de Antonio Martins da Costa Cruz, matriculado no dia 09 de fevereiro sob nº 3163, que poderia ser, então, o quarto filho do casal Antonio e Rita. Mas surge uma dúvida porque tal aluno residiria na Estação Dona Euzébia e, segundo o pesquisador Luiz Hisse, já citado noutro ponto deste trabalho sobre a família Costa Cruz, teria existido um outro Arthur Martins da Costa Cruz. Este, filho de Dino Costa Cruz, proprietário da fazenda Retiro, na serra da Onça, localizada entre Dona Euzébia e Guidoval, MG.

Diante disto torna-se necessário o aprofundamento das pesquisas para que se esclareça em definitivo a verdadeira paternidade do aluno do Colégio Caraça. Mas esta missão de deslindar o “mistério” ficará para outra oportunidade ou, para outro pesquisador. Porque, com este artigo, o Trem de História encerrará a série sobre a família Costa Cruz.

Em Leopoldina, a família foi iniciada com Joaquim José da Costa Cruz, nascido por volta de 1816 e falecido em 24.06.1881, em Leopoldina. Casado com Ana Joaquina Martins da Costa, filha de Manoel Martins da Costa Neto e Teresa Maria de Jesus. Neta paterna de Manoel Martins da Costa Filho e Maria do Carmo Ferreira Cabral.

A família Costa Cruz deu origem ao notável jornalista, escritor e poeta brilhante, Dilermando Martins da Costa Cruz, nascido em Leopoldina em 1879 e falecido em Juiz de Fora em 1935. Dilermando foi um dos fundadores da Academia Mineira de Letras e é patrono da cadeira nº 15 da Academia Leopoldinense de Letras e Artes – ALLA, hoje ocupada por Natania Nogueira.

No próximo Jornal outro assunto ou personagem será içado do passado para os dias atuais. Até lá!


Fontes Consultadas:

[1] Arquivo da Diocese de Leopoldina, lv 01 bat fls 118 termo 628.

[2] Pesquisa de Joana Capella nos livros paroquiais da Igreja de Santa Rita, Cataguases.

[3] Irradiação (Leopoldina, MG, 14 nov 1888, ed 39 p 4.

[4] Diário Oficial da União, 10 dez 1897 seção 1 p 4.

[5] Arquivo da Diocese de Leopoldina, lv 02 bat fls 157v termo 1501.

[6] idem, lv 03 bat fls 58 termo ordem 555.

[7] idem, lv 21 bat fls 71v termo 278

[8] idem, lv 04 bat fls 79v termo 938

[9] idem, lv 05 bat fls 43 termo 106

[10] idem, lv 06 bat fls 100 termo 37

[11] Gazeta de Leopoldina, 6 nov 1898 ed 60 p 1

Luja Machado e Nilza Cantoni – Membros da ALLA

Publicado na edição 352 no jornal Leopoldinense de 01 de abril de 2018

Julho de 1916

Há 100 anos, nasceram em Leopoldina:

2 jul 1916

Nadyr

filha de Teodolindo Augusto Rodrigues e de Maria Lacerda de Castro

6 jul 1916

Filomena Dorigo

filha de Primo Filiberto Dorigo e de Sebastiana de Jesus

7 jul 1916

Jandira

filha de João Francisco filho Antunes e de Ignacia Maria Vargas

7 jul 1916

Pedro Moroni

filho de Raffaele Moroni e de Santina Lupatini

9 jul 1916

Maria Marinato

filha de Paschoal Celeste Marinato e de Eugenia Nogueira dos Anjos

12 jul 1916

Rosa Dalto

filha de Nicolao Dalto e de Edwiges de Souza Reis

12 jul 1916

Maria do Carmo

filha de Francisco de Almeida Ferreira e de Virgulina Soares de Souza

13 jul 1916

Manoel

filha de Henrique Luiz Delfim de Andrade e de Sebastiana de Andrade Lacerda

14 jul 1916

Geraldo

filho de Lafaiete José Pacheco e de Maria da Conceição de Melo

23 jul 1916

Julio

filho de João José da Costa e de Rufina Thereza de Jesus

23 jul 1916

Maria Aparecida

filha de Manoel Bibiano Pereira e de Maria Viana de Sá

24 jul 1916

Antonio Bedin

filho de Alessandro Bedin e de Celestina Bartoli

Abril de 1916

Há 100 anos, nasceram em Leopoldina:

4 abr 1916

Geralda Gadas

filha de Pedro Gadas e de Engracia Marsola

8 abr 1916

José

filho de Adolfo Ferreira de Amorim e de Filomena Carlota de Matos

16 abr 1916

Ilka Machado Gouvêa

filha de José Vital de Oliveira e de Mariana Custódia de Moraes

18 abr 1916

Celina

filha de Custódio de Freitas Lima e de Tereza Martins Vargas

22 abr 1916

Alvaro

filho de Marcelino Pacheco de Lima e de Alzira Poyares

25 abr 1916

Geraldo

filho de Benedito Heitor Jendiroba e de Zulmira de Oliveira Rodrigues

29 abr 1916

Maria

filha de Antonio Zeferino da Silva e de Antonia Maria da Conceição

Dezembro de 1915

Nascidos em Leopoldina

6 dez 1915

Maria Diva Ferreira Brito, filha de Anselmo Ferreira Brito e de Maria Barros

7 dez 1915

Francisco, filho de Pedro José Pacheco e de Dorcelina Amélia de Jesus

18 dez 1915

Moyses, filho de Antonio Mauricio da Silva e de Emilia dos Reis Coutinho

19 dez 1915

Julio, filho de Abilio Moroni e de Ema Metilde Lupatini

19 dez 1915

Leocyr, filho de Ricardo José de Oliveira Martins e de Nelsionila Pinheiro

24 dez 1915

Amaro Giuliani, filho de Domenico Giuliani e de Ercilia Zenobi

26 dez 1915

Ida, filha de Antonio Machado de Almeida e de Maria Cecilia de Carvalho

30 dez 1915

Antonieta, filha de José Alves de Lacerda Filho e de Luciana Rodrigues

Jassuahy, filho de José Antonio Machado e de Albertina Zulmira de Moraes

Wilson, filho de Raimundo de Vargas Ferreira Brito e de Horácia Machado da Silva

Há 100 anos

Em fevereiro de 1914 nasceram em Leopoldina:

Dia 2

Iraci, filha de José Vital de Oliveira e de Mariana Custódia de Moraes

Manoel, filho de Silvano Barbosa da Rocha e de Ana de Melo Gouvêa

Dia 4

Antonia, filha de Joaquim Vargas Corrêa e de Maria Francisca Vargas

Dia 6

Maria Luiza Piccoli, filha de Elias Piccoli e de Corina Meneghelli

João Gottardo, filho de Domenico Giuseppe Gottardo e de Avelina Carolina de Jesus

Dia 7

Yolanda Iennaco, filha de Lorenzo Iennaco e de Emma Sparanno

Dia 9

Alfredo Sellani, filho de Sante Sellani e de Ana Bisciaio

Dia 10

Dagmar, filha de Romulo de M Pacheco e de Olga Fialho

José, filho de Pedro José Pacheco e de Dorcelina Amélia de Jesus

Dia 14

Emilia Minelli, filha de Antonino Minelli e de Marina Fontanella

José, filho de Antonio Vargas de Moraes e de Mercedes de Almeida Lacerda

Dia 16

Juracy, filha de Luiz Botelho Falcão e de Ernestina Antunes Barbosa

Dia 18

Mario, filho de Constantino Ribeiro Lima e de Cecilia Antunes Barbosa

Dia 24

Ilda, filha de Ricardo dos Reis Coutinho e de Maria Cândida

Sebastião, filho de Waldemar Tavares Lacerda e de Jovenila Lisboa

Dia 27

Deolinda Maimeri, filha de Luigi Maimeri e de Carolina Rancan

Erundy Carneiro, filha de Juvenal Lúcio de Andrade Carneiro e de Honorina Antunes Vieira

Dia 28

Luiz Lammoglia, filho de Francisco Alves Lammoglia e de Luiza Guersoni

Há 100 anos

Leopoldinenses nascidos em dezembro de 1913

Dia 1

Arminda filha de Manoel Ferreira do Couto e de Maria Carolina de Jesus

Ana Maria filha de Antonio Carlos de Almeida Ramos e de Etelvina de Freitas

Dia 6

Mario filho de Honorio Luiz da Silva e de Leonor Ferreira

Dia 9

Maria Aparecida filha de João Pacheco de Carvalho e de Emilia Vasconcelos Pereira

Dia 17

Francisca Antonia Panza filha de Francesco Panza e de Maria Lammoglia

Dia 20

Luiz filho de João do Carmo Ribeiro e de Sofia Capdeville

Paulina filha de Francisco Marques Dideco e de Amelia Rezende Viveiros

Dia 25

Tereza Barbosa filha de Abílio José Barbosa e de Maria Augusta Matos

Dia 28

Maria Luzia Moroni filha de Raffaele Moroni e de Santina Lupatini

Dia 30

Geraldo filho de Manoel Rodrigues de Oliveira e de Rosa Rodrigues Vale