Geografia e História de Municípios Mineiros

Comunicação de Maria Lúcia Prado Costa no 3º Encontro de Pesquisadores do Caminho Novo, sobre o Album Chorographico Municipal de Minas Gerais, publicado em 1927. Transcrição: Nilza Cantoni. Revisão: Joana Capella.

O Caminho Novo na antiga Queluz

Comunicação de Antônio Gilberto da Costa no 3º Encontro de Pesquisadores do Caminho Novo, sobre O Caminho Novo entre o Arraial dos Carijós e Conselheiro Lafaiete. Transcrição: Nilza Cantoni. Revisão: Joana Capella.

Dona Euzébia e Cataguarino

Dona Euzébia em 1939 conforme Mapa executado em obediência ao Decreto-Lei nº 311 de 2 de março de 1938

O atual município de Dona Euzébia foi formado com uma parte do território de Cataguarino, distrito criado em Leopoldina pela Lei 1623 de 6 de novembro de 1869 e incorporado a Cataguases quando de sua emancipação administrativa em 1875.

Dores do Monte Alegre

Leopoldina e Taruaçu

Criado em 1858 com o nome de Dores do Monte Alegre, o atual distrito de Taruaçu fazia parte do município de Leopoldina, conforme Lei nº 947 de 8 de junho de 1858. A Capela de Dores do Monte Alegre foi desmembrada do então distrito de Bom Jesus do Rio Pardo, atual município de Argirita. A imagem acima foi montada a partir de cartografia da Comissão Geográfica e Geológica de Minas Gerais, publicada em 1927, disponível no Arquivo Público Mineiro.

Lei Mineira nr. 947 de 8 de junho de 1858

Recreio

Criado como distrito do município de Leopoldina pelo Decreto nº 123 de 27 de junho de 1890, Recreio foi elevado a município e cidade pelo Decreto-Lei nº 148 de 17 de dezembro de 1938, compreendendo os distritos da sede, de Conceição da Boa Vista e de São Joaquim.