Estrada Real e Ferrovia

Estudo comparativo entre as Estradas Reais e Ferroviárias que resultou na publicação da obra Caminhos da História: Estradas Reais e Ferrovias, por Helena Guimarães Campos

As Instituições Preservacionistas e seus Papéis Soltos

Integração incompleta das instituições preservacionistas e culturais de Minas Gerais foi a comunicação de Alex Guedes dos Anjos no 3º Encontro de Pesquisadores do Caminho Novo, sobre As Instituições Preservacionistas e seus Papéis Soltos. Transcrição: Nilza Cantoni. Revisão: Joana Capella.

Obras de preservação? em Fazenda do Registro Velho

Se as obras emergenciais foram realizadas para proteger a Fazenda do Registro Velho das intempéries do tempo; se as chuvas torrenciais são esperadas nesta época; seria um argumento válido dizer que a estrutura não resistiu por conta das chuvas?

Fazenda do Registro Velho em janeiro de 2012
Fazenda do Registro Velho em janeiro de 2012

 

 

Esta é a pergunta do autor do blog Fazenda do Registro Velho, de Barbacena, ilustradas pela imagem ao lado e diversas outras.

Leiam a matéria completa:

 

Obras de preservação? « Fazenda do Registro Velho.

A Preservação do Patrimônio Cultural e sua Trajetória no Brasil

RESUMO: O presente artigo tem como objetivo discorrer sobre a preservação do patrimônio cultural, bem como refletir sobre sua trajetória de preservação em âmbito nacional. O estudo do patrimônio cultural promove a valorização e a consagração daquilo que é comum a determinado grupo social no tempo e no espaço, visto o mesmo possuir significações relevantes por ser parte de sua construção histórica. Busca-se nesse sentido compreender como a idéia de preservação obteve seu desenvolvimento na esfera pública do governo brasileiro.

Patrimônio Cultural – V

“Conheça a sua história, a história da sua família. Quais são os valores da sua família? Quais são as referências de cultura que construíram a sua identidade? […] Você vai aprender a ter um laço afetivo com o seu patrimônio, na medida em que você encontre, neste patrimônio que está fora do seu contexto próximo, características que estão dentro do seu contexto.”
Trecho da entrevista de Wivian Diniz, em Ouro Preto, agosto de 2010. Abaixo, o vídeo gravado com esta Coordenadora da Gerência de Bens Móveis e Integrado.

Patrimônio Cultural – IV

Hoje eu trago para a reflexão dos leopoldinenses, e dos demais leitores deste blog, imagens de um dos bens móveis e integrados mencionados no Plano Diretor Participativo de 2006.
 A fotografia acima, de meados do século XIX, apresenta a Igreja do Rosário em seu formato original, do século anterior.
 Depois de uma reforma nos anos 1950-60 que a descaracterizou bastante, a Igreja do Rosário readquiriu parte dos contornos originais. Imagem de 2004.
 Infelizmente, porém, nada foi feito para preservar o seu entorno. A imagem acima é também de 2004.
Neste ano de 2011, a mesma Igreja do Rosário encontra-se sufocada por um entorno que esconde sua beleza.

Patrimônio Cultural – III

Mais um vídeo divulgado pelo IPHAN. Trata-se da segunda parte da entrevista em que Sonia Regina fala sobre Educação Patrimonial, no I Forum Nacional do Patrimônio Cultural, que ocorreu em Ouro Preto – MG, em 2009. A entrevista foi realizada em conjunto com a TVUfop (canal da Universidade Federal de Ouro Preto).

Uma de suas falas: “a educação patrimonial funciona como um indutor das discussões e das reflexões  sobre o desenvolvimento local”.