Descendentes de Stefano Cassagni

A pedido de Maria Felipa Castanha, republicamos antiga postagem sobre uma família de imigrantes com referência em Leopoldina, MG. Se você, leitor, tiver alguma informação a respeito dos sobrenomes Cassaghi, Cassagni, Cassagne, Castagna ou Castanha, agradecemos se puder nos escrever.

Segundo os registros da Hospedaria Horta Barbosa, Stefano Cassagni teria nascido por volta de 1859. Pelo casamento religioso do filho, a família procedia de Milano, Lombardia, Italia. Foram encontrados diversos usuários do sobrenome Cassaghi na Lombardia mas não com os nomes da família referida em Leopoldina.

Na mesma época em que eles chegaram, viviam no município pelo menos dois outros personagens com sobrenome semelhante, sendo que um deles, estabelecido no então povoado de Recreio, seria francês como se observa na seguinte nota do jornal Liberal Mineiro de 9 de março de 1883:

“Remeteram-se […] ao juiz municipal e de órfãos do termo da Leopoldina, cópia do ofício do ministério dos negócios da agricultura, comércio e obras públicas, de 16 [de fevereiro], em que exige informações acerca do súdito francês Bertrano Cassagne, que se diz haver residido até pouco tempo na estação do Recreio, estrada de ferro da Leopondina, ou no lugar denominado Conceição da Boa Vista, a fim de que habilite a Presidência a responder quanto antes o mesmo aviso.”

Bertrand Cassagne se transferiu pouco depois para Santo Antonio de Pádua, onde se casou e teve a filha Ernestina, por volta de 1910.

O outro seria Domingos Cassanha de quem sabemos apenas que era imigrante e vivia no distrito de Providência em 1898.

Stefano Cassagni deixou a hospedaria dia 9 de Novembro de 1894 sob contrato com a Camara Municipal de Leopoldina, MG. Estava acompanhado da esposa Rosa Sallai e de três filhos pequenos. Das duas crianças mais velhas, Maria e Maddalena, não temos informações. Já o menino Angelo Cassagni, nascido por volta de 1891, casou-se em Leopoldina aos 26 de Julho de 1930 com Maria Sodré, filha de José Sodré de Souza e Rita Maria de Jesus. O novo casal teria se estabelecido em Laranjal onde nasceu, pelo menos, o filho Paulo Cassagni que se tornou padre e viveu na cidade do Rio de Janeiro.

Em Leopoldina nasceu uma filha de Rosa e Stefano Cassagni, no dia 26 de junho de 1895. Chamou-se Carolina e se casou em Leopoldina aos 25 de Janeiro de 1919 com Rogerio Menezes Dias, filho de Antonio Menezes Dias e Maria Dias de Jesus. Rogerio era leopoldinense, nascido no dia 18 de Dezembro de 1889.

Giuseppe e Giovanni Fanni

Giuseppe #Fanni nasceu por volta de 1858 em Villasalto, Cagliari, Sardegna, Italia. Passou ao Brasil pelo vapor Aquitaine, sendo registrado na Hospedaria Horta Barbosa a 28 de junho de 1897. Saiu da Hospedaria com destino a Argirita, MG.

Era casado com a italiana Angelina Agus que nasceu por volta de 1857.

Eles tiveram os seguintes filhos:
1 – Sebastiano Fanni nasceu por volta de 1884. Casou-se com Adelaide Fanni, filha de Giovanni Fanni e Pasqua Vargiolo, em 22 dezembro 1906 em Leopoldina, MG. Adelaide nasceu por volta de 1886 em San Vito, Cagliari, Sardegna, Italia. Foram pais de Tereza Fanni nascida aos 13 novembro 1907 em Leopoldina, MG e ali batizada no dia 1 de janeiro do ano seguinte

2 – Marcelo Fanni nasceu por volta de 1886. Casou-se com Ana Stora, filha de Giuseppe Stora e Maria Sallai, em 21 outubro 1911 em Leopoldina, MG. Ana nasceu por volta de 1890 em Italia. Foram pais de Angelina, nascida aos 5 de abril de 1914 em Leopoldina, MG e ali batizada no dia 22 de novembro do mesmo ano.

3 – Salvatore Fanni nasceu por volta de 1889 em Villasalto, Cagliari, Sardegna, Italia.Casou-se com com Maria José Morciri, filha de Giuseppe Morciri e Virginia Pizo, em 6 setembro 1913 em Leopoldina, MG. Maria José nasceu por volta de 1891.

4 – Antonio Fanni nasceu por volta de 1891. Casou-se com Rozalina Bouzada, filha de Maria Romana, em 30 julho 1919 em Barão de Monte Alto, MG. Rozalina nasceu em Rio Novo, MG. Foram pais de Maira, Silvio, Geraldo e Lourdes Fanni Bouzada.

5 –     Giuseppino Fanni nasceu por volta de 1892 em Villasalto, Cagliari, Sardegna, Italia.

6 – Pasqualina Fanni nasceu cerca de 1895 em Villasalto, Cagliari, Sardegna, Italia.
 
———————–

Giovanni Fanni nasceu por volta de 1858 em San Vito, Cagliari, Sardegna, Italia. Viajou pelo vapor Italia, dando entrada na Hospedaria Horta Barbosa no dia 16 de abril de 1897, saindo no dia 28 com destino a Leopoldina.

Era casado com a italiana Pasqua Vargiolo.

Eles tiveram os seguintes filhos:
1 – Adelaide Fanni nascida por volta de 1886. Casou-se com Sebastiano Fanni, filho de Giuseppe Fanni e Angelina Agus, em 22 dezembro 1906 em Leopoldina, MG.

2 – Chiara Fanni nascida por volta de 1889. Casou-se com Raul Lucas Rafael, filho de Lucas Rafael e Herculana de Jesus, em 12 de setembro de 1908 em Leopoldina, MG. Foram pais de Maria Angela, nascida aos 2 de agosto de 1909 em Leopoldina e de Antonio, também nascido em Leopoldina aos 14 de setembro de 1911 em Leopoldina, MG.

3 – Giuseppino Fanni nascido por volta de 1892. Casou-se com Maria Antonia de Jesus, filha de José Maria Alpoim e Maria Francisca da Conceição, em 2 de maio de 1914 em Leopoldina, MG. Tiveram, pelo menos, dois filhos nascidos em Leopoldina: Floripes (27 julho 1915) e José Fanni (7 março 1917).

4 – Luigino Fanni nascido por volta de 1896 em San Vito, Cagliari, Sardegna, Italia.

5 – Felix Fanni nasceu aos 17 de julho de 1897 em Leopoldina, MG.

6 – Maria Tereza Fanni nasceu no dia 1 de julho de 1900 em Leopoldina, MG, onde foi batizada no dia 10 de agosto do mesmo ano.

Agradecemos a colaboração da descendente Dulce Fanni.