Carminatti

A família chefiada por Giovanni Carminatti embarcou em Genova e aportou no Rio de Janeiro no dia 3 de abril de 1896, sendo transferida para a Hospedaria Horta Barbosa em Juiz de Fora, onde foi registrada no dia 05 de abril. Dali partiram, no dia 20 de abril, contratados por Joaquim Pereira de Sá para trabalharem em sua fazenda de Roça Grande, São João Nepomuceno, MG.

O vapor Colombo, nesta viagem, transportou 1002 passageiros na 3ª classe com destino ao Rio de Janeiro, sendo 904 contratados pelo Governo do Estado de Minas, com despesas pagas pelo Estado. Além dos 98 imigrantes espontâneos, consta do manifesto que outros 385 passageiros destinavam-se ao porto de Santos.

Giovanni Carminatti e sua esposa Angela Pagano chegaram ao Brasil acompanhados dos filhos Dalva, Guglielmo, Arturo, Gregorio e Pietro Silvio. Segundo o documento de desembarque, todos eram naturais de Ghisalba, Bergamo, Lombardia. Já morando na região de São João Nepomuceno nasceram os filhos Assunta, Belmira e Conceição.

Há indicações de que a família tenha vivido em território do atual município de Argirita, que na época era distrito de Leopoldina com o nome de Rio Pardo. Porém, em nossas buscas por documentos em Argirita nada foi encontrado.

Por informações de descendentes soubemos que, em 1909, em Argirita, Dalva Maria Carminatti casou-se com Virgilio Gruppi, procedente da Bologna, Emilia Romagna, filho de Cesare Gruppi e Enrica Bertuzi. A mesma fonte informa, também, que o casal faleceuem São JoãoNepomuceno, sendo que o óbito de Virgilio ocorreu em 1961 e Dalva teria falecido em 1970.

Foram filhos de Dalva e Virgilio: Genésio, Hélia, Helio, Ida, Onésimo, Sebastião, e Ivo Gruppi, sendo que este último nasceu em Piacatuba, também distrito de Leopoldina.

De um outro filho de Giovanni Carminatti e Angela Pagano, Pietro Silvio Carminatti, descobrimos referências em um trabalho de resgate histórico de Argirita, compilação realizada pela Biblioteca Municipal. E embora a data de nascimento ali esteja registrada como 29 de junho de 1894, acreditamos que o ano tenha sido 1895 porque Pietro contava 7 meses no desembarque. De todo modo, Pietro deixou Roça Grande, o distrito de São João Nepomuceno onde seus pais moravam inicialmente, e radicou-se em Argirita onde faleceu no ano de 1969. Foi casado com Maitana Lopes.

A ligação dos Carminatti com a Colônia Agrícola da Constança está ainda em aberto. Pelos Relatórios da Colônia descobrimos que Giovanni Carminatti candidatou-se ao financimento dos lotes 58 e 59, deles tomando posse em junho de 1910. Mas depois desta data não encontramos referências à presença dos Carminatti naquele núcleo agrícola.

30 opiniões sobre “Carminatti”

  1. Olá. Sou filha de Maria Baqueiro Evangelista e neta de Maria da Conceição Carminate, que é filha de João Carminatte e Angela Pagane. Estou buscando dados dos nossos ascendentes para resgatar sua história e tabém na tentativa de obter documentos para requerer a cidadania italiana. Alguém tem documentos que possa fornecer cópias ou alguém já obteve a cidadania italiana?

    Gostar

    1. Olá Maria da Conceição: já fui procurada por descendentes de Giovanni Carminati que pretendiam dar entrada no processo de reconhecimento da cidadania italiana. Mas parece que eram descendentes de uma filha do casal e por isto não conseguiram. Entretanto, não retornaram meu pedido de informações complementares. Como a família não é referida nas antigas fontes de Leopoldina, não prossegui com as buscas.

      Gostar

  2. Boa tarde.
    Eu sou neta de Esmeraldina Lopes que se casou com Gregório Carminate, filho de Giovanni Carminati e Angelina Pagano.
    Da união entre Esmeraldina e Gregório nasceram dois filhos Maria Augusta Carminate e Gregório Carminate ( meu pai).

    Gostar

  3. Ola sou filha de Antonio luis Carminatti, filho de João Carminatti e Ernestina Schimidt gostaria de mais informações sobre os os parentes do meu avô alguém? Meu pai vive no Pr nasceu em Sc.

    Gostar

  4. Sou filho de emilia carminati, filha casula de piedro sibio carminate,minha mãe enconta se com 77 anos de idade e ainda possuimos o sitio onde eles moram e tem mais um irmão que se chama sibio lopes carminate vivo também , caso necessite tem mais informações,ambos residem em argirita.

    Gostar

    1. Olá Ruimar, agradecemos pela visita. Caso seja possível, diga-me quando e onde nasceu sua mãe e o irmão dela. Informe, também, seu nome completo para registrar no banco de dados.

      Gostar

  5. Meu avô José Carminate é natural de Argirita, falecido em meado dos anos 70,mas ainda existem Carminate morando por lá, meus tios e tias com quem não tenho muito contato ,mas sei que trabalham em uma fazenda,conhecida na localidade como “fazenda dos coelhos”

    Gostar

  6. Sou Maria de Fatima Carminate e nasci em Leopoldina/MGQue legal encontrar este site!Sou neta de Pietro/Pedro sibio Carminate,filha de Giacomo , meu pai Inácio Lopes Carminate viveu muitos anos em Argirita/MG e depois em Leopoldina.

    Gostar

  7. Olá Sra Nilza Cantoni que pena que a Sra não conhece Juraci Carminatti,pois o que sei que se trata de um grande Produtor Artistico dos anos 80,90 pois assim saberiamos se ele continua com a mesma atividades,mas com certeza sempre foi um bom Carminatti.Obrigada.Cristina Bolanhos.

    Gostar

  8. Bom Dia Nilza com todo respeito está pagina peço licença para responder o comentário da Rafeela Bonfato:Sim sou eu mesmo á Produções Artistica Juraci Carminatti completa 35 anos de atividade.Agradeço este carinho Abraço CarinhosoJuraci Carminatti

    Gostar

  9. Nilza CantoniEsse Juraci Carminatti é Aquele Empresário Artistico de grande eventos e Jurado de TV e tamben Compositor.se for escreva mais sobre ele pois já alguns anos que não ouço falar dele,gostaria de poder reve-lo esse pessoa e nota 1000; Obrigado Rafaela Bomfato

    Gostar

  10. E nós, Juraci, temos orgulho de todos os imigrantes que viveram em Leopoldina, trazendo um novo olhar e novas formas de vida para a sociedade local.

    Gostar

  11. Muito Bom saber que este sobrenome trás honrra de pessoas dignas e masgestosa.talves meus avôs,tenhan parentesco(Luiz Carminatti) que se radicou-se na cidade de RioClaro-SP.Eu sou Juraci Carminatti,sinto orgulho deste Sobre nome (CARMINATTI)Abraços á todosJuraci Carminatti

    Gostar

  12. Que legal encontrar este site!Sou neta de Pietro/Pedro sibio Carminate,filha de Giacomo ,portanto bisneta de Giovanni e Angela.Realmente meu avô e acredito que tambem seu irmão Guilherme,grafia abrasileirada se fixou em Argirita,onde constituiram familia e descendentes

    Gostar

  13. on Friday, February 6, 2009 at 14:38:11—————————————————————————Prezados amigos,No site sobre a Colônia Constança, em Leopoldina, vi uma foto de Filomena Eboli, sobre quem não existe, nos diversos artigos lá encontrados, qualquer outra referência. Gostaria de saber se vocês dispõem de mais informações sobre esta imigrante, ou poderiam me dizer onde encontrá-las. Sou bisneto do médico italiano radicado em Friburgo, RJ, Carlo Eboli; neto de João Baptista Eboli; e filho de Oswaldo Moraes Eboli. Tenho 59 anos e moro no Leblon, Rio de Janeiro.Por conhecidência, sou casado com Claudia Ribeiro Eboli – Ferreira Ribeiro, em solteira – filha de Benur Junqueira Ribeiro, natural de Leopoldina, filho de Antônio (Turrico) e Antonia (Pequetita)Junqueira Ribeiro.Desde já, agradeço sua atenção.Saudações,Paulo Eboli

    Gostar

  14. on Sunday, November 30, 2008 at 18:19:15—————————————————————————oi!Sou uma Gruppi, faço parte dessa família.Sou tataraneta do Virgilio Gruppi,bisneta do Onéximo Gruppi,e Neta do Wandier Gruppi, filia do Wagner Gruppi!Me amarro em saber da história de minha família.

    Gostar

  15. on Tuesday, November 25, 2008 at 19:55:28—————————————————————————Da familia Carminati posso dizer que Arturo carminatti(um dos filhos de angela e giovanni carminati que chegaram no vapor colombo) é meu avô, casou-se com Isaura Barros, tiveram 5 filhos. Honorio,Geraldo, Juraci, Jurandir e Maria das Dores…….acho que se formos juntando partes, em breve teremos a saga dessa familia. Muito obrigada pela atenção.

    Gostar

Deixe uma Resposta para Imigrantes em Leopoldina Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s