Família Marinato II

O segundo grupo de sobrenome Marinato, que chegou pelo vapor Washington no dia 30 de outubro de 1888, era chefiado por Giordano Marco Marinato. A família recebeu o número 153 na lista da Hospedaria Horta Barbosa, de onde saiu no dia 4 de novembro com destino a Leopoldina.

Giordano era neto paterno de Lorenzo Marinato e de Pasqua Marchiro, cujos sobrenomes aparecem desde o período napoleônico na região que outrora fizera parte do Graticolato Romano, ou seja, uma extensa área plana dividida pelos romanos em quadrados com 710 metros de lado, destinados à agricultura. Conforme temos comentado em todos os posts sobre os passageiros do vapor Washington, muitos deles viviam na divisa entre as províncias de Venezia e Padova. Sendo assim, os comuni de Mirano, Pianiga, Dolo e Vigonza são as principais referências para pesquisar o grupo. E como ser verá no relatório genealógico a seguir, os sobrenomes daqueles passageiros se misturaram ao chegarem a Leopoldina e alguns já vinham com ancestrais aparentados.

Embora nem todos tenham vivido na Colônia Agrícola da Constança, os vínculos familiares fizeram com que a maioria a frequentasse, ainda que esporadicamente. Uma das pessoas que nos procuraram interessadas em conhecer a história dos Marinatos fez um relato característico. Disse que seus avós levavam filhos e netos para a festa de Santo Antônio de Pádua, na Capela da Colônia, onde foram iniciados alguns namoros.

 

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Share on Tumblr

4 ideias sobre “Família Marinato II

  1. Rosângela Percu Ramos de Azevedo

    Que coisa mais linda!Fico encantada quando
    Vocês conseguem ,não só um dossiê da vida
    Dos imigrantes,mas também a foto.
    Que trabalho digno e importante pra história do país.Parabéns!!
    Com todo o meu carinho,respeito e admiração ,
    Rosângela Percu

  2. Lidiane Marinato

    Gostaria muito de obter informações sobre a descendência de Otaviano Marinato. Vocês possuem os documentos?

  3. cantoni Autor do post

    Olá Lidiane: nossa pesquisa é feita, basicamente, em fontes escritas. Mas não colecionamos cópias de documentos. Na maioria dos casos, temos apenas a referência.
    Usando a caixa de pesquisa no blog vc poderá encontrar diversas matérias sobre a família Marinato. No caso específico dos descendentes de Otaviano Marinato, temos raras informações até a quinta geração, ou seja, os terceiro-netos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.