A Inquisição na América Portuguesa

Frequentemente o tema Inquisição surge em meio aos estudos de quem se dedica a pesquisas dos primeiros séculos da História do Brasil. Infelizmente, porém, não é muito fácil encontrar material de consulta. Por esta razão, sugerimos a tese de doutoramento pela USP de Aldair Carlos Rodrigues, sob o título Poder Eclesiástico e Inquisição no Século XVIII Luso-Brasileiro: Agentes, Carreiras e Mecanismos de Promoção Social.

Resumo:

A problemática central deste trabalho é a multifacetada relação estabelecida entre as estruturas eclesiásticas da América portuguesa e o Santo Ofício por intermédio do clero (e de suas carreiras) no decorrer do século XVIII. Elucidamos aspectos ainda pouco conhecidos dos instrumentos e estratégias que tornaram possível a presença inquisitorial no Brasil, território que nunca sediou um tribunal da Inquisição. Tal ausência hipertrofiava as conexões entre a esfera eclesiástica local e a esfera inquisitorial. Investigamos também o impacto destes aparatos institucionais na sociedade colonial, evidenciando principalmente seus papéis na estruturação das hierarquias sociais.

Leia a tese neste endereço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s