XII – Sobrenomes

A relação abaixo, publicada em outubro de 2009, sofreu inúmeras correções conforme informado no início da revisão que começou a ser publicada em fevereiro de 2019. Ressaltamos, especialmente, o texto disponível neste endereço.
Este capítulo se encerra com os sobrenomes identificados e que representam o esforço para resgatar um pouco da memória de tantos imigrantes italianos que habitaram o município de Leopoldina.
Abolis, Agus, Albertoni, Amadio, Ambri, Ambrosi, Andreata, Andreoni, Andreschi, Anselmo, Antinarelli, Antonelli, Antonin, Anzolin, Apolinari, Apova, Apprata, Arleo, Aroche, Artuzo
Bagetti, Balbi, Balbini, Baldan, Baldasi, Baldini, Baldiseroto, Baldo, Baqueca, Barbaglio, Barboni, Barra, Bartoli, Basto, Battisaco, Beatrici, Beccari, Bedin, Bellan, Benetti, Bergamasso, Berlandi, Bernardi, Bertini, Bertoldi, Bertulli, Bertuzi, Bestton, Betti, Bighelli, Bigleiro, Bisciaio, Bogonhe, Boller, Bolzoni, Bonini, Bordin, Borella, Bovolin, Brandi, Brando, Breschiliaro, Bresolino, Bronzato, Bruni, Bugghaletti, Bullado, Buschetti
Cadeddu, Cagliari, Caiana, Calloni, Caloi, Calza, Calzavara, Campagna, Campana, Cancelliero, Canova, Capetto, Cappai, Cappi, Capusce, Carboni, Carmelim, Carminasi, Carminatti, Carrara, Carraro, Casadio. Casalboni. Casella. Cassagni, Castagna, Castillago, Cataldi, Catrini, Cavallieri, Cazzarini, Cearia, Ceoldo, Cereja, Cesarini, Chiafromi, Chiappetta, Chiata, Chinelatta, Chintina, Ciovonelli, Cobucci, Codo, Colle, Columbarini, Contena, Conti, Corali, Corradi, Corradin, Cosenza, Cosini, Costa, Costantini, Crema, Cucco
Dal Canton, Dalassim, Dalecci, Dalla Benelta, Danuchi, Darglia, De Angelis, De Vitto, Deios, Donato, Dorigo, Duana
Eboli, Ermini, Estopazzale
Fabiani, Faccin, Faccina, Fachini, Falabella, Falavigna, Fannci, Fanni, Farinazzo, Fazolato, Fazzolo, Federici, Fermadi, Ferrari, Ferreti, Ferri, Fichetta, Filipoli, Filoti, Finamori, Finense, Finotti, Fioghetti, Fiorato, Fofano, Fois, Fontanella, Formacciari, Formenton, Fovorini, Franchi, Franzone, Fucci, Fuim
Galasso, Gallito, Gallo, Gambarini, Gambato, Gasparini, Gattis, Gazoni, Gazziero, Gentilini, Geraldi, Geraldini, Gessa, Gesualdi, Ghidini, Giacomelle, Giamacci, Gigli, Gismondi, Giudici, Giuliani, Gobbi, Gorbi, Gottardo, Grace, Graci, Grandi, Griffoni, Grilloni, Gripp, Gronda, Gruppi, Guarda, Guardi, Guelfi, Guerra, Guersoni, Guidotti
Iborazzati, Iennaco
La Rosa, Lai, Lamarca, Lami, Lammoglia, Lazzarin, Lazzaroni, Leoli, Lingordo, Locatelli, Locci, Loffi, Longo, Lorenzetto, Lorenzi, Lucchi, Lupatini
Macchina, Maciello, Magnanini, Maiello, Maimeri, Malacchini, Mamedi, Mancastroppa, Mantuani, Manza, Maragna, Marangoni, Marassi, Marcatto, Marchesini, Marchetti, Marda, Marinato, Mariotti, Marsola, Martinelli, Marzilio, Marzocchi, Matola, Matuzzi, Mauro, Mazzini, Meccariello, Melido, Meloni, Melugno, Menegazzi, Meneghelli, Meneghetti, Mercadante, Mescoli, Meurra, Miani, Minelli, Minicucci, Misalulli, Mona, Monducci, Montagna, Montovani, Montracci, Morciri, Morelli, Moroni, Morotti
Nacav, Naia, Nani, Netorella, Nicolini, Nocori
Pacara, Pachiega, Padovan, Paganini, Pagano, Paggi, Panza, Pasianot, Passi, Pavanelli, Pazzaglia, Pedrini, Pedroni, Pegassa, Pelludi, Perdonelli, Perigolo, Pesarini, Petrolla, Pezza, Piatonzi, Picci, Piccoli, Pierotti, Pighi, Pinzoni, Piovesan, Pittano, Pivoto, Piza, Porcenti, Porcu, Pradal, Prete, Previata, Principole, Properdi
Rafaelli, Raimondi, Ramalli, Ramanzi, Ramiro, Rancan, Ranieri, Rapponi, Ravellini, Reggiane, Richardelli, Righetto, Righi, Rinaldi, Rizochi, Rizzo, Roqueta, Rossi
Sabino, Saggioro, Sallai, Saloto, Samori, Sampieri, Sangalli, Sangiorgio, Santi, Sardi, Scantabulo, Scarelli, Schettini, Sedas, Sellani, Simionato, Sparanno, Spigapollo, Spoladore, Steapucio, Stefani, Stefanini, Stora
Taidei, Tambasco, Tartaglia, Tazzari, Tedes, Testa, Tichili, Toccafondo, Todaro, Togni, Tonelli, Tosa, Traidona, Trimichetta, Tripoli, Trombini
Valente, Vargiolo, Varoti, Vavassovi, Vechi, Venturi, Verona, Veronese, Vigarò, Vigeti, Viola, Vitoi
Zaccaroni, Zachini, Zaffani, Zamagna, Zamboni, Zamime, Zanetti, Zaninello, Zannon, Zecchini, Zenobi, Ziller, Zini, Zotti

12 opiniões sobre “XII – Sobrenomes”

  1. Olá, no Rg da.minha avó consta que ela é natural de Leopoldina, mas acredito que o sobrenome tenha sido registrado errado pq nao encontro em nenhuma das minhas pesquisas. Nos documentos está Manhanini mas acredito ser Magnanini. Será que consigo fazer um levantamento dos dados corretos em cartórios?

    Gostar

    1. Prezada Rosana: o caso dos Zaccheroni ou Zaccaroni pode ser semelhante ao de tantos outros imigrantes que passaram ao Brasil com passagem paga pela província mineira mas não se radicaram em Minas Gerais. Temos referências a italianos que foram da hospedaria para Leopoldina mas lá não ficaram mais do que alguns meses, tendo voltado para a hospedaria e dali encaminhados para São Paulo.

      Gostar

  2. Sei que meu bisavó, Francesco Zaccheroni, sua esposa Maria Nanni, e suas filhas, Celestina, Stella, e Angela, chegaram no Rio de Janeiro em 15/11/1897, e foram para Leopoldina, onde nasceu meu avó Celso Zaccaroni, em 16/05/1899, no distrito de Providência. Note-se que naquela época o sobrenome teve alteração de Zaccheroni para Zaccaroni, e como este consta do titulo XII da história de LEOPOLDINA, gostaria de saber se vocês tem informações sobre o período em que ficaram aí em Leopoldina, onde trabalharam, se foram proprietários de lotes, de que cidade vieram da Itália, etc., pois só temos notícias deles em Itobi, interior de São Paulo, por volta de 1923.
    Grata pela atenção,
    Rosana

    Gostar

    1. Olá Rosana
      Em Leopoldina só encontramos referência ao nascimento de Celso. Não há indicação de que os pais dele tenham sido proprietários. As filhas teriam se casado em Leopoldina?

      Gostar

  3. Olá Beatriz: parece-me que seus ancestrais não foram inicialmente para Leopoldina. Pelo menos não encontramos nenhum Vitral contratado pelos fazendeiros locais no período da Grande Imigração. Mais tarde, já no século XX, temos notícia de usuário do sobrenome que migrou de Santo Antônio do Aventureiro para Leopoldina. Mas aí já está fora do nosso recorte temporal.De todo modo, pode ser que os seus tenham escapado de nosso controle. Por isto pedimos-lhe o favor de nos indicar a data de chegada a Leopoldina e os nomes e épocas dos mais antigos a nascerem no município.

    Gostar

  4. Estou procurando as raízes de minha avó materna, uma Vitral, cujo avô era imigrante e foi parar em Leopoldina. Era somente isto que eu sei. Ele, Fernando Vitral, e seu irmão Virgílio imigraram do sul da Itália para o Brasil e se fixaram em Leopoldina. Seu filho Anibal Cesar Vitral, dentista, foi para São João del Rei, onde conheceu e casou-se com minha bisavó M. Josephina Ferreira Vitral. Vocês possuem alguma informação a respeito? Não se sabe se eles eram de Salerno ou Cosenza.Se precisarem me contatar, podem fazer através de meu email: b.201061@yahoo.com.brGrata pela atenção.M. Beatriz de Carvalho Galvão

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s