Chefes de famílias contratadas em novembro de 1888

Os imigrantes a seguir, todos de origem italiana, saíram da Hospedaria Horta Barbosa em novembro de 1888, com destino a Leopoldina, MG

Albertini, Giuseppe
Albertoni, Angelo
Bandispia, Pasquale
Battaglia, Felippo
Beatrisini, Giacomo
Bernardi, Pasquina
Bortolozzo, Domenico
Bortolozzo, Vincenzo
Bottorin, Gaetano
Broccato, Raimundo
Brosatte, Sebastiano
Busande, Giovachino
Bussatto, Luigi
Caloni, Egisto
Calsavara, Giuseppe
Carraro, Federico
Ceoldo, Camillo
Cercellate, Antonio
Cesare, Virgilio
Conforte, Geraldi
Cremonese, Giuseppe
Donnini, Cesare
Donnini, Gio. Batista
Fazzolato, Pasquale
Giacomin, Michele
Gonzole, Giuseppe
Gottardo, Antonio
Gusigoni, Osvaldo
Lazzarini, Luigi
Lorenzi, Modesto
Malazzi, Luigi
Mantovani, Girolamo
Marcatto, Francesco
Marchiosi, Teresa
Marinato, Giordano
Meneghetti, Luigi
Meneghetti, Sante
Nalon, Domenico
Negrini, Clemente
Panizzo, Antonio
Perigolo, Giacomo
Perigolo, Luigi
Pertile, Marsilio
Pizzeratte, Fiorino
Polani, Desiderio
Prosdogini, Maciel
Reginata, Romano
Righeto, Antonia
Righeto, Domenico
Righeto, Pasquale
Righi, Raffaele
Rizzo, Domenico
Rochi, Giuseppe
Rossato, Angelo
Saloto, Angelo
Schiasse, Giuseppe
Schiavolin, Giovanni
Sigata, Matteo
Sofoni, Battista
Sofoni, Giacomo
Spalassi, Luigia
Spoladore, Antonio
Stergale, Antonio
Testti, Emilio
Ungarelli, Giulio
Zappaterra, Vincenzo
Zini, Eugenio
Zotti, Domenico
Zotti, Pietro

Neste mesmo mês foram contratadas duas famílias belgas, cujos chefes eram:
Christofano, Pascal e
Ivatanwolo, Rafael.

26 opiniões sobre “Chefes de famílias contratadas em novembro de 1888”

  1. Olá, na busca por meu antenato encontrei o seu site. Primeiramente parabéns pelo trabalho. Meu bisavô, italiano, se chama Felicio Mantuan, olhando no site de hostelaria de minas, descobrir que o nome dele na verdade Felice Mantovani, filho de Girolamo Mantovani e Celeste Berto.
    Olhando os arquivos de reserva militar da província de Padova, descobrir a comine que nasceu o Girolamo Mantovani. No caso, foi a comune PIOVE DI SACCO. No entanto no estou achando nada sobre meu bisavô Felice Mantovani. Você teria alguma informação a mais que poderia me ajudar saber qual foi a cidade que meu bisavô nasceu?

    Gostar

    1. Altobelli: obrigada pelo apoio ao nosso trabalho. Segundo o casamento de Girolamo e Celeste, ele nasceu em Correzzola [Padova], cujo local de inscrição militar era Piove di Sacco. Mas se casou em Campolongo Maggiore[Venezia] onde provavelmente nasceram os filhos.

      Gostar

      1. Muito obrigado Nilza, pela dica. Olhei no site do familysearch e lá não tem os registro de nascimento de forma online. Mas vou mandar um email para a comune. Duas dúvidas, vi que você tem a lista de registro dos casamentos dos italianos na cidade de Leopoldina. Falo isso, pois estou procurando a certidão de casamento de Felício Mantuan (Nome italiano Mantovani Felice) e Eva Meneghete (Eva Meneguetti) os dois são italianos mas se casaram na cidade de Leopoldina. Outra dúvida, essa informação de casamento de Girolamo e Celeste estão disponível online, seria uma foto? se sim, tem como eu obter essa imagem?

        Gostar

      2. Altobelli: se obtiver resposta do Archivio di Stato, por favor, dê notícias. O último pedido que fiz sobre os Mantovan foi em 2011 e não me responderam.
        Sobre os registros paroquiais de Leopoldina, há muitos anos eu fiz um índice para facilitar o trabalho da secretaria paroquial e depois publiquei o de casamentos no meu site. Não é só dos italianos, mas de todos os eventos realizados no período da minha pesquisa. Só que o casamento do Felice não teria sido realizado na matriz, mas na igreja do distrito de Tebas. De lá eu só consegui informação no cartório.
        Quanto ao casamento de Girolamo, obtive diretamente de Campolongo Maggiore há muitos anos. Atualmente os livros estão no site dos mórmons.

        Gostar

      3. Muito obrigado pela informação. Eu devo pagar alguém para ir lá na comune procurar, pois os arquivos de nascimento não estão onlines. Já achei do casamento do Girolamo e Celeste. Se eu tiver uma resposta positiva da certidão de nascimento do Felice Mantovani eu te aviso sim.

        Gostar

  2. Olá, estou em busca do meu meu antenato. Descobri que meu avó Jeronymo Montuan nasceu em 1923 em Leopoldina, filho de Antonio Montuan (brasileiro), neto de Jeronymo Montuan e Sebastiana Berto. Acredito que o último possa ser Gerolamo Mantovani, contudo, ví que ele chegou ao brasil casado com Celeste Berto. Não achei a certidão do Antonio. Consegue ajudar?

    Gostar

    1. Olá Ayrton: provavelmente vc se refere a José Antonio Mantovan que se casou com Maria Luiza Lisboa no dia 19 de setembro de 1921. Não sei se houve casamento civil nem tampouco se ele teve registro civil de nascimento. Para eventos anteriores a 1931 eu dou preferência aos registros paroquiais por serem mais seguros. Sugiro entrar em contato com o Cartório da sede municipal.

      Gostar

      1. É este mesmo, pelo nome da esposa bate! Entrei em contato com o cartório sim, estou aguardando resposta. Como posso verificar estes registros paroquiais? Obrigado!

        Gostar

      2. Obrigado Nilza! Uma última dúvida, de onde foi obtida a informação sobre esse matrimônio? Há maiores detalhes?

        Gostar

      3. Encontrei! Como suspeitava Antonio era filho de Gerolamo (Jeronymo) Mantovani e Celeste Berta (No cartorio registraram como Sebastiana) que chegaram em Leopoldina em 88. Agradeço imensamente!

        Gostar

      4. Há muitos erros nos registros, Ayrton. O escrivão não conhecia a língua italiana, muitos imigrantes eram analfabetos e nem sempre se exigia documento probatório para efetivar os atos. Nós adotamos a ortografia adotada na fonte documental mais antiga. No caso, o casamento de Girolamo e Celeste.

        Gostar

      5. Muito obrigado pelas informações Nilza, uma dúvida que restou. De qual documento a senhora obteve o nome “José Antonio Mantovan” ? Perguntou pois no registro paroquial consta “Antonio Mantuan”

        Gostar

      6. Ayrton: José Antonio foi o nome citado em apadrinhamento e confirmado no evento comemorativo do Centenário da Colônia Agrícola da Constança, em 2010, por um familiar que preencheu a ficha. Seria a forma encontrada no casamento civil. Considerando que o assento paroquial não é original, mas uma transcrição realizada alguns anos depois do evento, optamos por aceitar a declaração. Quanto ao sobrenome, nossa metodologia de trabalho determina o uso da ortografia dos sobrenomes segundo a fonte documental mais antiga, por ser a única maneira de tornar funcional nosso sistema de buscas no banco de dados. No caso, é o casamento de Girolamo.

        Gostar

      7. Obrigado Nilza. O nascimento de José Antonio Mantovan foi identificado nos registros paroquiais? Estou procurando e até agora sem sucesso.

        Gostar

      8. Nilza, desculpe incomodar novamente, mas por acaso a senhora tem alguma informação sobre os óbitos de Girolamo e José Antonio? Estou em contato com o cartório de Leopoldina, contudo, o trabalho lá é um pouco moroso. Obrigado.

        Gostar

      9. Quanto aos registros civis, eu encontrei o casamento de José Antonio e pela habilitação localizei seu nascimento, contudo, ele foi registrado como José Constantino, nasceu em janeiro de 1895. Os óbitos de Girolamo e do José Antônio/Constantino eu não consegui achar. Quando a senhora tiver acesso ao seu banco de dados, se puder verificar se existe algum registro no livro dos cemitérios de ambos eu agradeço.

        Gostar

      10. Ayrton: infelizmente nada consta do meu banco de dados. Você tem alguma sugestão de época em que possam ter falecido? Muitas vezes o nome foi tão alterado que não conseguimos identificar de imediato. Com a época poderemos fechar o universo de eventos e testar hipóteses.

        Gostar

  3. Olá, primeiro gostaria de dizer que este site é ótimo e estou adorando navegar nele! Eu gostaria de mais informações sobre a fazenda macuco. No cartão de hospedaria Horta Barbosa informa que Francesco Faoro, Bortolo Fauro e Gasparina canal foram trabalhar na fazenda Macuco, todavia consta Cataguases. Assim gostaria de saber se era em Leopoldina essa fazenda e se ainda existe. Obrigada

    Gostar

    1. Olá Raiana: agradecemos pela visita ao site e pelas gentis palavras. Pelo livro da Hospedaria, os Faoro saíram para estação do município de Cataguases. Ocorre que o nome da fazenda é relativamente comum naquela região, referindo-se a um tipo de ave que habitava aquelas paragens, razão pela qual foi dado a diversas propriedades.

      Gostar

  4. Bom día! Encontrei meu trisavo Modesto Lorenzi, saiu da Hospedaria horta Barbosa em Juiz de fora, 1888 e foram para Leopoldina, Constança, MG. Queria achar mais documentos, registros, fotos etc…

    Gostar

    1. Olá Rerisson: quando Modesto Lorenzi passou ao Brasil, ainda não existia a Colônia Agrícola da Constança que só foi criada 22 anos depois. E quem adquiriu lote da Constança foi Demetrio Lorenzi que só veio para o Brasil em 1911. Não descobrimos vínculo de parentesco entre Modesto e Demetrio nem temos conhecimento de fotografias.

      Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s