Ser Noivo, poema de Dilermando Cruz

Em março de 1899 o compositor de tipos da Gazeta de Leopoldina, Ricardo José de Oliveira Martins, acabara de ajustar casamento com Nelsionila Pinheiro, cujas núpcias vieram a realizar-se no dia 18 de novembro do mesmo ano.

Seu amigo e colega de trabalho, Dilermando Cruz, dedicou-lhe o poema abaixo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Share on Tumblr

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.