Famílias italianas em Leopoldina: Manca

A homenageada Gercy Manca Pereira representa uma família procedente da Sardegna. Seu antepassado Luigi Manca foi o primeiro a chegar em nossa região, em 1896, e foi inicialmente encaminhado para Miraí, município que acolheu outros imigrantes que também vieram para Leopoldina mais tarde. Já os primos Antonio e Angelo Manca vieram direto para Leopoldina.

Primeira geração

1.  Gercy Manca, filha de José Manca e Durvalina da Silva, nasceu a 19 Ago 1935 em Rosário de Limeira, MG.

Segunda geração (Pais)

2.  José Manca, filho de Luigi Manca e Giusta Aroni. Casou com Durvalina da Silva.

3.  Durvalina da Silva, filha de José Alves da Silva e Maria Candida.

Terceira geração (Avós)

4.  Luigi Manca nasceu em Uta, Cagliari, Sardegna Italia. Casou com Giusta Aroni.

5.  Giusta Aroni, filha de Francesco Aroni e Elena Meloni, nasceu em Uta, Cagliari, Sardegna Italia.

6.  José Alves da Silva casou com Maria Candida.

7.   Maria Candida .

Quarta geração (Bisavós)

10.  Francesco Aroni nasceu na Italia onde se casou com Elena Meloni.

11.  Elena Meloni nasceu na Italia.

A Sardegna, uma grande ilha no mar Mediterrâneo, é dividida administrativamente em quatro províncias: Sassari, Nuoro, Oristano e Cagliari. Em Leopoldina viveram italianos procedentes das quatro províncias. Além dos sobrenomes Manca, Aroni e Meloni, aqui estiveram Agus, Apova, Bardino, Cappai, Congiu, Cuccu, Deiana, Fanni, Fois, Locci, Putzu, Sestu, entre outros. Muitos sobrenomes se perderam ao longo do tempo.

________________

Fontes Consultadas:

Carteira de Identidade, RG nr MG 6.422.714 emitida pelo SSPMG em 9/10/2020.

Archivio di Stato di Cagliari.

– Pubblicazioni 1866-1910.

– Matrimoni – Teulada 1886.

– Nati – Uta 1866-1888.

Arquivo Público Mineiro. Livros da Hospedaria Horta Barbosa SA-910 e SA-920.