Objetivo do Estudo

Frequentemente nos perguntam o motivo pelo qual decidimos estudar a imigração em Leopoldina. E temos respondido que toda pesquisa nasce de um questionamento, de uma pergunta para a qual não temos resposta. Assim é que, durante um levantamento nos livros paroquiais de Leopoldina, observamos o grande número de estrangeiros entre os noivos e os pais das crianças batizadas. Ao procurar publicações a respeito, nada encontramos. A falta de estudos seria decorrente da baixa representatividade da imigração na história da cidade? A esta primeira questão, outras se somaram no início da década de 1990, quando decidimos tentar resgatar a memória daquelas famílias de sobrenome não português.

Num primeiro momento, os estudos resultaram no texto ‘A Imigração em Leopoldina através dos Assentos Paroquias de Matrimônio’, só publicado alguns anos depois. Paralelamente, organizamos um projeto de pesquisa que tinha por objetivo identificar as famílias, descobrir seu modo de vida e suas relações econômicas e sociais, colhendo informações que ficariam disponíveis para outros interessados no assunto. Trata-se de um trabalho complexo, com uma tal diversidade de nuances que nos obriga a dividir o tema em vários aspectos.

Em 2010 completam-se 100 anos da criação da Colônia Agrícola da Constança, objeto de nossos estudos atuais. Mas temos certeza de que a imigração deve gerar inúmeras outras questões. E esperamos que outros estudiosos se dediquem ao tema, ampliando o conhecimento sobre este aspecto importante da história de Leopoldina.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s