Análise dos Nomes de Família

O estudo dos nomes próprios e de suas origens pode ultrapassar o ato de dar o nome a alguém, área da onomástica. Especificamente no caso dos imigrantes italianos que passaram ao Brasil no final do século XIX, leva-nos a conhecer um pouco da região de origem com seus dialetos e, também, do processo de formação das atuais províncias. Esta seção é dedicada à reunião de informações a respeito dos nomes e sobrenomes da família de Giuseppe Cantoni e Carolina Vespignani.

Cantoni é um sobrenome locativo, oriundo de cantão/canton – denominação de regiões na Suíça. Atualmente é encontrado em quase todas as províncias italianas, em muitas cidades americanas e em diversas cidades brasileiras, especialmente nos estados de São Paulo e Minas Gerais. O grupo objeto deste estudo tem suas origens na Emilia-Romagna, com antepassados na Toscana.

Alpi, sobrenome da mãe de Giuseppe Cantoni, é também locativo e se refere a alpes ou montanhas. É bem menos incidente do que Cantoni. Na Itália de hoje podemos encontrá-lo na Toscana e no Piemonte. Em Minas Gerais, encontramos dois grupos que podem ser parentes de Giuseppe. Um deles foi para Piau e outro para Bicas.

Vespignani é sobrenome conhecido nas artes italianas, especialmente nos séculos XV e XVI, já que desta família são originários pintores, escultores e arquitetos. É encontrado na assinatura de diversas obras de arquitetura religiosa antiga. Hoje ainda é encontrado na Emilia-Romagna, na Toscana, no Lazio e mais esporadicamente no Veneto. Fora da Itália, temos encontrado famílias Vespignani na Argentina e nos Estados Unidos.

Mercuriali, sobrenome da mãe de Carolina Vespignani, é de pouca incidência, encontrado na Emilia Romagna e no Marche, especialmente nas vizinhas províncias Forlì-Cesena e Pesaro-Urbino. O significado é obscuro, podendo ter origem em ‘mercuriale’, palavra que significava queixa ou reprimenda solene pronunciada pelo tribunal de justiça na primeira quarta-feira após o recesso, segundo Devoto & Oli.

Giovanni e Giuseppe são nomes de devoção. Giovanni, Giovanna, Gianni e Gianna homenageiam a João que, em hebraico significa “merecedor da misericórdia divina”. Giuseppe, Giuseppina, Beppe, Pippo homenageiam a José que, em hebraico, significa “merecedor de acréscimo divino”.

Carolina é o feminino de Carolus = Carlos do latim. Karl, karal, kerl em língua germânica quer dizer “homem do povo”.

Filippo é nome de origem grega que significa “amante de cavalos”.

Maria é nome de origem latina, transmitido pela civilização etrusca à região da Umbria.

Emilia tem sua origem também nos etruscos, cujo significado parece ser “estar próximo”. Muito encontrado na forma masculina – Emilio, pode ter sido uma homenagem de Giuseppe e Carolina à sua região de origem.

João terá sido, possivelmente, homenagem ao pai de Giuseppe.

SUMÁRIO

Família Cantoni - Introdução
Ravenna, província de origem
Genealogia