Capítulos da história de Leopoldina

TREM DE HISTÓRIA
Imprensa em Leopoldina Coluna do jornal Leopoldinense, por Luja Machado e Nilza Cantoni. Expedicionários Leopoldinenses
Imigrantes Italianos Personagens Leopoldinenses
ESTUDOS CONSOLIDADOS
Assentos paroquiais de matrimônios de Leopoldina. Família Ferreira Brito: um estudo. Gonçalves Neto: uma das famílias pioneiras de Leopoldina.
Família Dietz: Trajetória e Genealogia.
LIVROS PUBLICADOS
Os Almeidas, os Britos e os Netos em Leopoldina – 1ª edição eletrônica. Os Almeidas, os Britos e os Netos em Leopoldina – 2ª edição eletrônica. Nossas Ruas, Nossa Gente.
Cacos de História e Memória. Imigração em Leopoldina: História da Colônia Agrícola da Constança.
Catedral de São Sebastião MEMÓRIA LEOPOLDINA Igreja e Largo do Rosário
Cemitério Nossa Senhora do Carmo Grupo Escolar Ribeiro Junqueira
Loja Raphael Domingues Praça General Osório e Banco Ribeiro Junqueira
O olhar do visitante O Teatro em Leopoldina
Belezas naturais de Leopoldina: Alto de Santa Úrsula
FAMÍLIA ALMEIDA RAMOS
Cap. 1 – Maria Antonia de Almeida c/c José Antonio Machado Esta é a 4ª edição do estudo “Descendentes de Antonio de Almeida Ramos”. Cap. 6 – Antonio de Almeida Ramos II e Manoel
Cap. 2 – Ana Teodora Almeida c/c Francisco Gonçalves Pereira Cap. 7 – José de Almeida Ramos c/c Rita Maria de Santo Inácio
Cap. 3 – Antonia Maria de Almeida c/c Inácio José do Bem Cap. 8 – Miguel de Almeida Ramos c/c Mariana Tereza de Jesus
Cap 4. – Francisco de Almeida Ramos c/c Micaela Maria do Espírito Santo Cap. 9 – Antonio de Almeida Ramos III c/1ªc Francisca Maria de Jesus e c/2ªc Iria Joaquina de Albuquerque
Cap. 5 – João de Almeida Ramos c/c Teresa Maria de Jesus Cap. 10 – Manoel Antonio de Almeida c/c Rita Esméria de Jesus

194 opiniões sobre “Capítulos da história de Leopoldina”

  1. Olá, Nilza, boa tarde!
    Eu busco por documentos que atestem tanto a data de fundação da Igreja do Rosário em Leopoldina, quanto da antiga igreja de São Sebastião. Você poderia me ajudar nesta fase da pesquisa? Alguma sugestão? Obrigada desde já.

    Gostar

    1. Olá Jeane: tais fontes documentais devem estar no Arquivo da Cúria Metropolitana do Rio de Janeiro, já que ambas foram criadas no período em que Leopoldina pertencia ao Bispado do Rio de Janeiro. Infelizmente, porém, eu nada consegui nas buscas realizadas na instituição.

      Gostar

      1. Não, Jeane. Há mts lendas sobre a primeira capela mas até hoje não foi encontrada fonte sobre a sua criação. Por análise comparativa de outras fontes pode-se apenas estimar que surgiu entre 1834 e 1838. Quanto à Igreja do Rosário, não tenho fontes sequer para fazer uma estimativa.

        Gostar

      2. Boa tarde, Nilza! Obrigada pelo retorno. Uma última questão: há um consenso quanto à data de fundação de ambas igrejas?

        Gostar

Deixe uma Resposta para bgodracir@gmail.com Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s