148 – Imigrantes Italianos em Leopoldina – Trabalho, religião e lazer

Em artigos anteriores do Trem de História já ficou dito que os imigrantes italianos eram afeitos e dedicados ao trabalho. E as entrevistas realizadas com muitos deles permitiram observar, inclusive, uma boa divisão de tarefas, comum na maioria dos lotes. Eram reservados aos homens principalmente os trabalhos mais pesados e os mais distantes da casa, … Continuar a ler 148 – Imigrantes Italianos em Leopoldina – Trabalho, religião e lazer

Descendentes de Stefano Cassagni

A pedido de Maria Felipa Castanha, republicamos antiga postagem sobre uma família de imigrantes com referência em Leopoldina, MG. Se você, leitor, tiver alguma informação a respeito dos sobrenomes Cassaghi, Cassagni, Cassagne, Castagna ou Castanha, agradecemos se puder nos escrever. Segundo os registros da Hospedaria Horta Barbosa, Stefano Cassagni teria nascido por volta de 1859. … Continuar a ler Descendentes de Stefano Cassagni

136 – Imigrantes e a Hospedaria Jacareacanga

  Na última edição o Trem de História se referiu ao engenheiro Eugenio Jordan como contratante de imigrantes na hospedaria de Juiz de Fora, informando como destino a localidade de Vista Alegre, no município de Leopoldina. Este engenheiro, em 1896, recebeu ordem do presidente da província tratar da construção de um ramal férreo entre a … Continuar a ler 136 – Imigrantes e a Hospedaria Jacareacanga

Guidotti, Mattiuzzi e Ferreti

Republicamos postagem com estes sobrenomes italianos, de famílias que viviam em Leopoldina na última década dos oitocentos. Segundo informações orais, teriam se transferido para o norte da zona da mata mineira na década de 1910. Agradecemos a quem puder nos fornecer informações a respeito. 1-Pietro Guidotti, filho de Vincenzo Guidotti e Rosina, nasceu por volta … Continuar a ler Guidotti, Mattiuzzi e Ferreti

130 – Primeiros impactos: a chegada do Trem e o desenvolvimento

O Trem de História hoje vai falar do Trem real e dos impactos provocados com a sua chegada. É evidente que o braço escravo contribuiu muito para o desenvolvimento das fazendas da região. Mas é certo, também, que na década de 1870 começaram a ocorrer modificações estruturais importantes no processo de urbanização da região, desencadeadas … Continuar a ler 130 – Primeiros impactos: a chegada do Trem e o desenvolvimento

126 – O Patrimônio de São Sebastião do Feijão Cru

No meado do século passado, tempo em que os idosos de hoje cursavam o primário, era comum ensinar como sendo “história de Leopoldina” as lendas do Feijão Cru e, a de um tal “Peitudo”, que teria sido proprietário das terras onde surgiu o povoado. Eram estes os marcos iniciais da história do lugar. Felizmente os … Continuar a ler 126 – O Patrimônio de São Sebastião do Feijão Cru

125 – Viagem com os sobrenomes de imigrantes italianos

Hoje o Trem vem carregado de história e memória. Carga um pouco diferente, com jeito de festa para lembrar alguns sobrenomes e os trilhos imaginários que teriam percorrido em terras leopoldinenses. Uma viagem com os sobrenomes de imigrantes que estiveram por aqui plantando lavouras e costumes, cultivando terras, amizades e amores. E para recordar, também, … Continuar a ler 125 – Viagem com os sobrenomes de imigrantes italianos

124 – Acréscimos e Correções

O Trem de História tem informado que esta série de artigos é uma revisão dos estudos realizados sobre a imigração em Leopoldina e que foram publicados em 2010. O objetivo é trazer os acréscimos descobertos após o fim daquele projeto, bem como corrigir dados à vista de novas fontes encontradas. Uma destas correções é a … Continuar a ler 124 – Acréscimos e Correções

Novembro 1918

Nascimentos em Leopoldina: 2 Nov 1918, José pais: José de Matos e Maria Carolina Ferreira do Couto 3 Nov 1918, José pais: Tomé de Andrade Junqueira e Iria dos Reis Junqueira 5 Nov 1918, Sebastiana pais: Emilio de Oliveira e Silva e Maria da Gloria de Oliveira 10 Nov 1918, Manoel Gottardo da Silva pais: Moyses Augusto da Silva … Continuar a ler Novembro 1918

111 – As esposas e os filhos de Paulino Rodrigues

O Trem de História segue a viagem para reunir esposas e filhos do Paulino Augusto Rodrigues. E começa registrando que ele se casou a primeira vez aos 21.02.1891, com sua prima pelo lado materno, Umbelina Cândida Gouvêa, nascida em 11.11.1871 e falecida em 06.07.1919, com quem teve 14 filhos. Umbelina era a filha mais velha … Continuar a ler 111 – As esposas e os filhos de Paulino Rodrigues