Nos tornamos humanos em sociedade

Karen Armstrong, escritora britânica criadora da Charter for Compassion, explica que compaixão não é a mera aplicação da Regra de Ouro, “fazer aos outros o que gostaríamos que fizessem para nós”. Compaixão, na prática, diz a escritora, exige inteligência e empatia, pois, ao conhecer a história do outro, será possível respeitar as diferenças individuais e engrandecer nossa própria humanidade. Conferencista do Fronteiras do Pensamento 2013.

Fronteiras do Pensamento | Produção Telos Cultural | Produção Audiovisual Okna Produções | Documentário Um mundo complexo | Direção e Edição Marcio Reolon | Direção de Produção Gina O’Donnell | Tradução Marina Waquil e Francesco Settineri

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s