Construção da Capela de Santo Antônio de Pádua

Nesta fotografia vemos a comunidade reunida no pátio da Capela, para cuja construção os imigrantes se organizaram de várias maneiras. A escritura pública lavrada pelo 2º Ofício de Notas de Leopoldina, datada de 21.08.1912 informa que o terreno foi vendido por Jesus Salvador Lomba (Colono do lote nº 4) e sua mulher Maria Magdalena Lomba, constando de uma quarta ou, cento e vinte e um ares de terreno, que fora adquirido do Tenente Francisco Pimenta de Oliveira e sua mulher, confrontando com as terras da Colônia e as que pertenciam a Lino Gonçalves e sua mulher Maria das Dores Netto. 
 
Pela escritura ficamos sabendo que os compradores foram Luciano Borella, Otavio de Angelis, Luigi Giuseppe Farinazzo, Ferdinando Zaninello, Agostino Meneghetti e Fausto Lorenzetto, além da esclarecedora informação de que pagaram quatrocentos mil réis pelo imóvel para nele ser edificada uma Capela consagrada a Santo Antonio de Pádua. Parece evidente que estas pessoas foram apenas os líderes de um grupo que se dispôs a investir na aquisição do terreno e na construção da igrejinha de Santo Antonio de Pádua.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s