GONÇALVES BARROSO

José Gonçalves Barroso, nascido por volta de 1792[1], residia em São João Nepomuceno, MG em 1834[1]. Em 1851 era Eleitor do 6º quarteirão de São João Nepomuceno[2]. Faleceu no dia 19 de setembro de 1877[3].

Foi casado com Ana Joaquina do Espírito Santo, nascida por volta de 1794[1], residente em São João Nepomuceno em 1834[4]. Faleceu no dia 16 de janeiro de 1876[3].

Foram pais de, pelo menos:

1.1 - Antonio Gonçalves Barroso, nascido entre 1808 e 1812[1]. Residiu em São João Nepomuceno, MG[1] onde era eleitor do 1º quarteirão em 1850[5]

1.2 - José Gonçalves Barroso nasceu entre 1812 e 1814[1, 5], residiu em São João Nepomuceno, sendo eleitor do 8º quarteirão em 1850[6].

1.3 - Manoel Gonçalves Barroso, nasceu entre 1815 e 1818[1, 7]. Residiu em São João Nepomuceno onde era eleitor do 1º quarteirão em 1850[7].

1.4 - Marcelina nasceu por volta de 1819[1].

1.5 - Francisco nasceu por volta de 1820[1, 8].

1.6 - Francisca nasceu por volta de 1822[1].

1.7 - João Gonçalves Barroso, nascido entre 1823 e 1824[1], residiu em São João Nepomuceno, MG[1], sendo eleitor em 1850 pelo 1º quarteirão[8].

1.8 - Maria nasceu por volta de 1825[1].

1.9 - Joaquim Gonçalves Barroso, nascido entre 1824 e 1827[1, 9], residia em São João Nepomuceno em 1834 e era eleitor do 1º quarteirão de Descoberto em 1850 [9].

1.10 - Sebastião Gonçalves Barroso, nascido entre 1825 e 1829[1, 10], residiu em São João Nepomuceno, onde era eleitor do 6º quarteirão e 1850[10].

1.11 - Domingos Gonçalves Barroso, nascido entre 1828 e 1833 em São João Nepomuceno, MG[11, 12], ali era eleitor do 6º quarteirão em 1850 [12].

1.12 - Constantina nasceu por volta de 1831[1].

1.13 - Josefa nasceu por volta de 1832[1].

1.9 - Joaquim Gonçalves Barroso era genro de Manoel Antonio Furtado Basilio e de Maria Luiza de Jesus. Teve 12 filhos: Joaquim, Francisco, José Henrique, Alfredo, Antero, João, Ana Francisca, Maria Luiza, Albertina Augusta, Evangelina Candida, Geminiana Bartolomeu e Antonio. Este último concluiu o curso de Farmácia em 1883. Pode ter tido, também, mais 4 filhas falecidas na infância: Eusebia, Maria, Idalina e Ernestina.

1.11 - Domingos Gonçalves Barroso casou-se com América Serrana Moojen da Fonseca, filha de Manoel Gonçalves Fonseca e Gertrudes Perpetua Moojen, no dia 28 de abril de 1849 [13]. O casal teve 8 filhos:

1.11.1 - Malvina nascida a 05 de fevereiro de 1850[14].

1.11.2 - Antonio Simplício Barroso, nascido no dia 02 de março de 1852[13].

1.11.3 - José Zacarias da Fonseca Barroso nasceu no dia 05 de novembro de 1853[3] e no dia 16 de março de 1895 casou-se, em Soledade de Mar de Espanha, com Maria Isabel Pereira [3].

1.11.4 - Manoel nasceu no dia 02 de maio de 1855[3].

1.11.5 - Francisco nasceu no dia 11 de junho de 1856[3].

1.11.6 - João nasceu no dia 11 de novembro de 1858[3].

1.11.7 - Ana nasceu no dia 13 de março de 1861[3].

1.11.8 - Joaquim nasceu no dia 08 de junho de 1863[3].

1.11.2 - Antonio Simplício Barroso casou-se no dia 18 de fevereiro de 1871 com Maria Josefa Fonseca de Castro, filha de Candido Rodrigues de Faria e Castro e Elisa Sensitiva da Fonseca [3]. Foram pais de:

1.11.2.1 - Sebastiana Barroso batizada no dia 24 de outubro de 1897 em Descoberto, MG[15], casou-se no dia 17 de fevereiro de 1917 com Colatino Barbosa de Castro, nascido no dia 07 de janeiro de 1894 em Argirita, MG, filho de Joaquim Barbosa de Castro e Emiliana Antunes de Faria. Em Leopoldina, Sebastiana era conhecida como Dona Anita e seu marido era o Sr. Colito, falecido no dia 04 de março de 1977 e homenageado no mesmo ano com nome de rua no bairro Esteves[16].

Os 7 filhos de Dona Anita e Sr. Colito nasceram em Argirita. Na década de 1940 o casal morava em sua fazenda localizada no distrito de Piacatuba, Leopoldina. Posteriormente transferiram residência para a cidade, na Praça Gama Cerqueira.

Segundo fontes orais, netos de Joaquim Gonçalves Barroso e sobrinhos de Dona Anita viveram em Leopoldina. Se você tem informações a respeito, por favor, entre em contato conosco.

 

Fontes

  1. Mapa da População de São João Nepomuceno - 1834 (Arquivo Público Mineiro: PP1 10 cx 04 doc 15), fogo 43.

  2. Qualificação de eleitores de São João Nepomuceno em 1850 (Arquivo Público Mineiro: PP 11 cx 36 pacote 29), nr 136.

  3. Caderneta de família fornecida por descendente.

  4. Mapa da População de São João Nepomuceno - 1834 (Arquivo Público Mineiro: PP1 10 cx 04 doc 15), fogo 6.

  5. Qualificação de eleitores de São João Nepomuceno em 1850 (Arquivo Público Mineiro: PP 11 cx 36 pacote 29), nr 4.

  6. Qualificação de eleitores de São João Nepomuceno em 1850 (Arquivo Público Mineiro: PP 11 cx 36 pacote 29), nr 341.

  7. Qualificação de eleitores de São João Nepomuceno em 1850 (Arquivo Público Mineiro: PP 11 cx 36 pacote 29), nr 32.

  8. Qualificação de eleitores de São João Nepomuceno em 1850 (Arquivo Público Mineiro: PP 11 cx 36 pacote 29), nr 19.

  9. Qualificação de eleitores de São João Nepomuceno em 1850 (Arquivo Público Mineiro: PP 11 cx 36 pacote 29), nr 426.

  10. Qualificação de eleitores de São João Nepomuceno em 1850 (Arquivo Público Mineiro: PP 11 cx 36 pacote 29), nr 142.

  11. Mapa da População de São João Nepomuceno - 1834 (Arquivo Público Mineiro: PP1 10 cx 04 doc 15), fogo 43 e anotação em caderneta do próprio.

  12. Qualificação de eleitores de São João Nepomuceno em 1850 (Arquivo Público Mineiro: PP 11 cx 36 pacote 29), nr 145.

  13. Caderneta de família fornecida por descendente.

  14. Caderneta de família fornecida por descendente.

  15. Igreja Católica de Descoberto, MG, lv 4 bat fls. 195 nr 189.

  16. RODRIGUES, José Luiz Machado e CANTONI, Nilza, Nossas Ruas, Nossa Gente (Rio de Janeiro: particular, 2004), fls. 55, lei nr. 1194.

Entre em Contacto