Arquivo da tag: Rodriguez

Sobrenome de família imigrante que viveu em Leopoldina.

150 anos de nascimento de João Caetano Bittencourt

No início do século XIX, na região de Mercês do Pomba, vivia um açoriano de nome João Caetano Bittencourt que viera da Ilha Terceira em 1772. Um de seus filhos teria sido o avô paterno do homônimo que nasceu em Leopoldina no dia 16 de julho de 1867: João Caetano Bittencourt era filho de outro do mesmo nome e de Rosalina Luiza do Carmo, referida em algumas fontes como  Rosaline Louise do Espírito Santo.

Por ocasião da Exposição Regional de 1897, em Leopoldina, foi aberto um livro de Inscrições dos Expositores onde encontramos o registro de João Bittencourt Filho que iria expor Chapéus de Cipó e Tinta Vegetal. Segundo informações orais, trata-se do marido de Rosalina que vivera em Leopoldina até 1871, passara pouco mais de dois anos em Mercês do Pomba e em 1873 voltara para Leopoldina. De fato, o filho mais novo do casal declarou, ao casar-se, que nascera em Mercês do Pomba. Os demais foram batizados em Leopoldina.

O João Caetano nascido em 1867 era carpinteiro e residia no terceiro quarteirão de Leopoldina quando foi feito seu alistamento militar em 1890. Segundo a divisão implantada pelo subdelegado de polícia naquele ano, o terceiro quarteirão iniciava-se na “casa de Olívio de Vargas Corrêa, seguia pela Rua Primeiro de Março e subia até o alto da matriz”.  Esta rua então denominada Primeiro de Março abrangia as atuais ruas Gabriel Magalhães e Lucas Augusto e Olívio parece ser o filho de Custódio de Vargas Corrêa que tinha residência nas proximidades do cemitério atual.

Em 1899 João Caetano casou-se com Luiza Rodriguez Gonzalez, nascida em 1867 em El Rozal, Pontevedra, Espanha, filha de Manoel Rodriguez e Joana Gomes Gonzalez. O casal teve, pelo menos, os filhos Zulmira (1900), Belmira (1904), Helena (1905), Maria José (1907), João (1908) e Marciano Caetano Bittencourt.

  • Share on Tumblr

Família Marinato II

O segundo grupo de sobrenome Marinato, que chegou pelo vapor Washington no dia 30 de outubro de 1888, era chefiado por Giordano Marco Marinato. A família recebeu o número 153 na lista da Hospedaria Horta Barbosa, de onde saiu no dia 4 de novembro com destino a Leopoldina.

Giordano era neto paterno de Lorenzo Marinato e de Pasqua Marchiro, cujos sobrenomes aparecem desde o período napoleônico na região que outrora fizera parte do Graticolato Romano, ou seja, uma extensa área plana dividida pelos romanos em quadrados com 710 metros de lado, destinados à agricultura. Conforme temos comentado em todos os posts sobre os passageiros do vapor Washington, muitos deles viviam na divisa entre as províncias de Venezia e Padova. Sendo assim, os comuni de Mirano, Pianiga, Dolo e Vigonza são as principais referências para pesquisar o grupo. E como ser verá no relatório genealógico a seguir, os sobrenomes daqueles passageiros se misturaram ao chegarem a Leopoldina e alguns já vinham com ancestrais aparentados.

Embora nem todos tenham vivido na Colônia Agrícola da Constança, os vínculos familiares fizeram com que a maioria a frequentasse, ainda que esporadicamente. Uma das pessoas que nos procuraram interessadas em conhecer a história dos Marinatos fez um relato característico. Disse que seus avós levavam filhos e netos para a festa de Santo Antônio de Pádua, na Capela da Colônia, onde foram iniciados alguns namoros.

 

 

  • Share on Tumblr

Família Gottardo

No prosseguimento da atualização de informações sobre os passageiros do vapor Washington, que aportou no Rio no dia 30 de outubro de 1888, hoje abordaremos o grupo chefiado por Antonio Gottardo que passou pouco tempo no Brasil, voltou para a Italia e depois veio de forma definitiva. O que chama a atenção, neste caso, é que desembarcaram apenas o pai e as filhas Maria e Regina, e uma filha desta de nome Angelina, no retorno em 1896,

Segundo o casamento de Angelina, ela teria nascido em Leopoldina em março de 1894, o que remete a viagem de parte da família Gottardo para a Italia a partir desta data. Regina tinha outra filha, de nome Petrina Antonieta, nascida e batizada em Leopoldina em 1891, que não desembarcou com a mãe em 1896. E pelo casamento de Angelina, soubemos que o pai dela, Achille Meneghetti, teria falecido em São Paulo.

Considerando que Antonio, as filhas Maria e Regina, a neta Angelina e talvez o genro Achille tenham ficado na Italia entre meados de 1894 e fevereiro de 1896, realizamos buscas na localidade onde o grupo teria vivido no período: Dolo, província de Venezia, bem próximo de Vigonza, onde Antonio Gottardo vivia antes da primeira viagem ao Brasil. Esclareça-se, a propósito, que o pai de Antonio chamava-se Domenico Gottardo e é provavelmente aquele que faleceu em 1877 em Dolo, sendo natural de Arino di Dolo e residente em Cazzago di Pianiga, localidades entre Dolo e Vigonza. Por conta desta informação, estendemos as buscas por estes lugares. Infelizmente, nada encontramos.

Em março de 1896, Antonio Gottardo desembarcou novamente no porto do Rio e foi encaminhado para a Hospedaria Horta Barbosa, de onde saiu no dia 17, com destino a Ubá. Pouco tempo depois já estava novamente em Leopoldina, onde a filha Regina se casou pela segunda vez, com Aquilino Castagna, em fevereiro de 1898. Em Leopoldina também se casaram outros filhos: Maria em 1901, Michele e Giovanni Battista em 1904, e Domenico se casou duas vezes, a primeira em 1914.

Em 1910, Giovanni Battista Gottardo adquiriu o lote 26 da Colônia Agrícola da Constança. Em 1912, faleceu Antonio Gottardo. Pouco depois a filha Regina mudou-se para Belo Horizonte com o segundo marido e os filhos deste casamento. Em meados da década de 1930 foi a vez do filho Michele transferir-se para o estado do Rio. Domenico, Giobatta e Maria permaneceram em Leopoldina. Não temos notícias dos filhos mais novos: Giuseppe e Antonia. A descendência conhecida de Antonio Gottardo já está na sétima geração.

  • Share on Tumblr

12 de dezembro de 1916

Ha 100 anos nascia, em Leopoldina:

José Rodriguez

filho de

Salvador Rodrigues Y Rodriguez

e de

Maria Tereza de Jesus

  • Share on Tumblr

Outubro de 1916

Há 100 anos, nasceram em Leopoldina:

2 out 1916

Porcina  filha de Mário Alcântara e de Carolina de Jesus, e

Maria  filha de José Vitorino de Almeida e de Leonor Pereira de Oliveira

3 out 1916

Sebastião  filho de Herculano Rodrigues de Moraes e de Adalgisa da Gama Tavares

8 out 1916

Maria de Lourdes Rodriguez  filha de Rafael Rodrigues Y Rodriguez e de Maria Gottardo

13 out 1916

Duditalino  filho de Pedro de Oliveira Barbosa e de Maria Monteiro de Castro

24 out 1916

Nair Rodrigues Barbosa  filha de Feliciano José Barbosa e de Nelsina Augusto Rodrigues

26 out 1916

Odilon  filho de Sancio Maiello e de Adalgisa Marques Carneiro

28 out 1916

Ursolina  filha de Alfredo Carlos de Souza e de Maria Ferreira de Lacerda

31 out 1916

Nair  filha de Custodio de Vargas Coimbra e de Maria das Dores Fontes

  • Share on Tumblr

Outubro de 1915

Nascimentos em Leopoldina

1 out 1915

João Bedin, filho de Florindo Bedin e de Maria Carraro

15 out 1915

Gabriel Reis Junqueira, filho de Tomé de Andrade Junqueira e de Iria dos Reis Junqueira

19 out 1915

Palmira Garcia, filha de Silvandino Funchal Garcia e de Esmenia Ferreira

24 out 1915

Marilia, filha de Artur Guimarães Leão e de Iramira Furtado

25 out 1915

Agostinho Rodriguez, filho de Salvador Rodrigues Y Rodriguez e de Maria Tereza de Jesus

25 out 1915

José Giuliani, filho de Luigi Giuliani e de Teresa Ermini

31 out 1915

José, filho de Julio Figueiredo Sabino Damasceno e de Francisca Antunes Barbosa

  • Share on Tumblr

Leopoldinenses nascidos em abril de 1915

Dia 2

  • José da Paixão Marinato, filho de Vincenzo Sante Marinato e de Maria Francisca de Jesus

Dia 6

  • Emilia, filho de Francisco Freire de Carvalho e de Rita Tereza de Oliveira
  • Izabel, filho de Antonio Prudente de Almeida Ramos e de Emilia Presciliana de Rezende

Dia 12

  • José Codo, filho de Eugenio Codo e de Alexandrina Maragna

Dia 14

  • Anezio, filho de Francisco Ferreira de Almeida e de Julieta Magdalena de Moraes

Dia 18

  • Julio Heitor Jendiroba, filho de Benedito Heitor Jendiroba e de Zulmira de Oliveira Rodrigues

Dia 19

  • Aurora Rodriguez, filho de Rafael Rodrigues Y Rodriguez e de Maria Gottardo

Dia 20

  • Jaques, filho de Ignacio de Lacerda Leal e de Honorina de Castro Lacerda

Dia 24

  • Wanda, filho de Eduardo de Souza Werneck e de Cecilia Pereira Werneck

Dia 25

  • Elpidio Guersoni, filho de Andrea Guersoni e de Mariana Umbelina de Lacerda
  • Rita Farinazzo, filho de Giovanni Farinazzo e de Teresa Pedroni

Dia 26

  • Cristina, filho de Antonio Izidoro Vargas Neto e de Rita de Cássia Machado

Dia 29

  • Edgard Moraes Neto, filho de João Ventura Gonçalves Neto e de Alcina Paula Moraes

Dia 30

  • Julia, filho de Eduardo Faria Rayol e de Laura Candida Jendiroba
  • Share on Tumblr

Há 100 anos

Leopoldinenses nascidos em outubro de 1914

Risoleto José Dorigo 4-out filho de Arturo Ilario Dorigo e de Virginita Anacleto de Alcântara
Aristotelina 5-out filha de Jerônimo Botelho Falcão e de Clotilde Eucheria de Jesus
Maria da Conceição 7-out filha de Antonio Lorenzetto e de Maria Amélia Alencar
Orlando Marinato 10-out filho de Paschoal Celeste Marinato e de Eugenia Nogueira dos Anjos
Maria 12-out filha de Josué de Vargas Ferreira e de Luciana Rodrigues Lacerda
Maria de Lourdes Gadas 14-out filha de Pedro Gadas e de Engracia Marsola
Edson 14-out filho de José Antonio dos Santos e de Maria Pereira de Alencar
Sebastião Marinato 16-out filho de Riccardo Antonio Marinato e de Oliva Palmira Carraro
Dinorah 20-out filha de Olimpio Machado de Almeida e de Maria da Conceição Almeida
Urcemilino 21-out filho de Aristides de Freitas Vale e de Maria Madalena
Francisco 22-out filho de Leonel Ignacio de Oliveira e de Castorina Ignacia de Bem
Geraldo 22-out filho de Benedito Heitor Jendiroba e de Otilia Costa
Maria de Lourdes 24-out filha de Salvador Rodrigues Y Rodriguez e de Maria Tereza de Jesus
Maria Izabel dos Reis 29-out filha de José Custódio e de Maria José das Dores
Maria de Lourdes 31-out filha de Pedro de Oliveira Barbosa e de Maria Monteiro de Castro
  • Share on Tumblr

Há 100 anos

Leopoldinenses nascidos em agosto de 1914

Luiza Maria Lai 2-ago filha de Vito Lai e de Felismina Lopes
Dalzira 12-ago filha de Antonio Luiz de Medeiros e de Tereza Maria de Nazareth
José de Almeida 12-ago filho de José Vitorino de Almeida e de Leonor Pereira de Oliveira
Maria da Conceição 15-ago filha de Manoel da Cruz Cartacho Filho e de Maria Nascimento
Antonio Fofano 15-ago filho de Giuseppe Fofano e de Maria Rosa Marcatto
Rosa Bartoli 16-ago filha de Alberto Bartoli e de Natalina Sardi
Avelina Maria Sangalli 17-ago filha de Angelo Giulio Sangalli e de Carolina Sangirolami
Bernardo 20-ago filho de Bernardo Rodrigues Y Rodriguez e de Regina Rosa da Silva
Costantino João Anzolin 20-ago filho de Giovanni Ottavio Anzolin e de Rosa Pasianot
José Ladeira 20-ago filho de Jovencio José de Oliveira e de Alice Garcia de Matos
Cirilo 20-ago filho de Antonio Luiz Neto e de Maria Sebastiana de Oliveira
Thier 23-ago filho de Luiz Eugênio Botelho e de Cynira Capdeville
Rosa Carraro 26-ago filha de Vittorio Carraro e de Elisabetta Carraro
Jandira Almeida 29-ago filha de Francisco Antonio de Almeida e de Francisca Pereira de Oliveira
Agostinho Giuliani 29-ago filho de Luigi Giuliani e de Teresa Ermini
Maria Sebastiana 30-ago filha de Manoel Gonçalves Ferreira e de Eliza de Andrade Neto
  • Share on Tumblr

Centenário de Nascimento

Nasceram em março de 1913, no município de Leopoldina:

Dia 2 – ARLINDO, filho de Silvano Barbosa da Rocha e Ana de Melo Gouvêa

Dia 3 – MARGARIDA, filha de Francisco Ferreira de Almeida e Julieta Magdalena de Moraes

Dia 4 – NEOCYRA, filha de Ricardo José de Oliveira Martins e Nelsionila Pinheiro

Dia 9 – ASTOLFO, filho de Xavier José Machado e Maria da Conceição de Marcelo

Dia 16 – MERCEDES, filha de Garibaldi Cerqueira e Laura Ramos

Dia 20 – ROSA, filha de Rafael Rodrigues Y Rodriguez e Maria Gottardo

Dia 24 – GASPAR, filho de Gaspar Cobucci e Maria Teresa Galvão de São Martinho

Dia 27 – MANOEL, filho de Sebastião Damasceno Neto e Maria José Ferreira

Dia 30 – DONOSOR, filho de Eduardo Faria Rayol e Laura Candida Jendiroba

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Share on Tumblr