Arquivo da tag: Patrimônio Cultural

Conjunto de todos os bens, materiais ou imateriais, que pelo seu valor próprio devem ser considerados de interesse relevante para a permanência e a identidade da cultura de um povo.

Piacatuba no cinema

Há dois dias, no jornal O Globo, saiu uma notícia sobre filmagens que estão sendo feitas na zona da mata mineira, destacando o distrito de Piacatuba. O erro primário de citar o distrito como cidade e município deve ser creditado ao desconhecimento de quem escreveu a matéria. Ainda assim, a notícia merece ser divulgada, especialmente entre os leopoldinenses, já que representa um momento de valorização de nosso belo distrito. E, principalmente, por demonstrar que a preservação do casario significa cuidar de um patrimônio cultural que rende dividendos.

Um filme passou por aqui

  • Share on Tumblr

Iphan abre inscrições para curso à distância sobre Patrimônio Imaterial

Matéria publicada no blog de Mary del Priore:

Até o próximo dia 30 de janeiro estão abertas as inscrições para o curso EAD Formação para a Gestão do Patrimônio Cultural Imaterial no âmbito da COOP SUL, uma realização do Centro Lucio Costa (CLC), em parceria com o Centro Regional para a Salvaguarda do Patrimônio Cultural Imaterial (Crespial), com apoio da UNESCO e coordenação técnica da Inspire | Gestão Cultural. São 50 vagas para o curso que acontecerá entre os dias 19 de fevereiro e 04 de maio, com aulas ministradas pela internet. O curso tem a coordenação de conteúdo de Lucas dos Santos Roque e o corpo docente é formado por especialistas do Brasil e da América Latina. As inscrições…

Continue lendo:

Iphan abre inscrições para curso à distância sobre Patrimônio Imaterial | História Hoje.

  • Share on Tumblr

Programa do V Encontro de Pesquisadores do Caminho Novo

  • Share on Tumblr

O trabalho da representação da Memória Social

Uma visão do que a constituição de patrimônios pode representar na memória de uma sociedade, entre outros aspectos, é o que propõe este artigo de Moysés M. de Siqueira Neto, Mestrando em Memória Social e Patrimônio Cultural da Universidade Federal de Pelotas (UFPel), publicado na revista Veredas da História, Ano V, Edição 1, 2012, pp. 198-207.

RESUMO:

Este artigo objetiva analisar os bens culturais não tombados, através dos conceitos da memória social e ideias do patrimônio cultural, como silêncios das classes subalternas pela história oficial dominante no Brasil para construção de identidades.

Leia aqui o artigo na íntegra.

  • Share on Tumblr

Ensino de História Local e Preservação do Patrimônio

Artigo publicado na Revista Historien (Petrolina). ano 4 , n. 9. Jul/Dez 2013: 113 – 129 sob o título Interações entre o Ensino de História Regional e Local e a Preservação do Patrimônio Cultural.

Autor: Moisés Amado Frutuoso

Resumo: O artigo discute como o ensino da história regional e local pode contribuir no ambiente escolar para a preservação do patrimônio cultural, a partir da construção da memória social e da elaboração das identidades coletivas. Realizamos um estudo de caso para mostrar a situação atual da igreja do Divino Espírito Santo e de seu terreiro, ambos localizados numa das primeiras aldeias jesuítas do Brasil – a Aldeia do Espírito Santo, em Vila de Abrantes (município de Camaçari, no Estado da Bahia). Ao relacionar a preservação do patrimônio material com o ensino da história regional e local, o texto aborda dois pontos: o papel do poder público enquanto promotor, ora da preservação, ora do esquecimento, do patrimônio material no processo de construção da memória social; e, por outro lado, como a escola pode se tornar o espaço para fortalecimento das identidades regionais e locais.

Leia mais

  • Share on Tumblr

Estrada Real e Ferrovia

O Universo Urbano e as Estradas Reais e Ferroviárias palestra de Helena G Campos relatada por  nilzacantoni

  • Share on Tumblr

Educação Patrimonial: Museu Cultural da Humanidade

Juliana Machado Melo

Resumo

Neste estudo, o enfoque temático sustenta-se numa abordagem que estabelece uma interface entre patrimônio cultural e museu cultural, como recurso de preservação da memória na construção da identidade.Palavras-chave: Patrimônio cultural; museu cultural; memória

  • Share on Tumblr

O Tombamento: de instrumento a processo na construção de narrativas da nação

Julia Wagner Pereira

Resumo

Esta dissertação consiste em uma análise da medida de preservação “tombamento” como um processo de construção de narrativas nacionais. Instituído no Brasil a partir do Decreto-Lei n° 25 de 30 de novembro de 1937, o “instrumento do tombamento” tem consolidado e materializado na memória social através do “Patrimônio Histórico e Artístico Nacional” um passado e uma identidade da nação. A partir do processo de tombamento do Conjunto Arquitetônico e Urbanístico de Icó (CE) discute-se a formação do “Patrimônio Histórico e Artístico Nacional” na década de 1970, considerando a gama de intencionalidades presentes na seleção desse acervo nacional. Sob essa perspectiva, o “tombamento” foi compreendido como um processo político e cultural dinâmico que ressignifica os bens culturais através da atribuição de novos valores, cujo deslocamento simbólico os insere em uma historicidade nacional. Para a abordagem do “tombamento” como um processo que organiza socialmente a continuidade histórica da nação e subsidia a construção de narrativas nacionais são utilizadas as noções de “invenção de tradições” (HOBSBAWN; RANGER) e “comunidade imaginada” (Benedict Anderson).

Palavras chave: : Museologia. Patrimônio Cultural. Tombamento. Instituto do Patrimônio
Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). Narrativas nacionais. Preservação.

  • Share on Tumblr

Patrimônio Cultural Brasileiro

Mário Ferreira de Pragmácio Telles

RESUMO

O presente trabalho tem o escopo de investigar, a partir da ótica dos Direitos Culturais, a relação entre as duas principais normas que formam a base do sistema de proteção ao patrimônio cultural brasileiro: tombamento e registro. Para auxiliar a presente reflexão, será efetuado um estudo de caso concernente às conseqüências jurídico-antropológicas da retirada do setor da geral do estádio Maracanã, a fim de averiguar as principais questões referentes à tutela deste bem cultural pelo Estado. Partindo-se, inicialmente, da hipótese de que inexiste, do ponto de vista teórico, a dicotomia entre patrimônio cultural material e patrimônio cultural imaterial, o presente trabalho investiga, como objetivo geral, de que maneira tombamento e registro podem se (re)articular em prol de uma proteção mais eficaz aos bens culturais alçados à categoria de patrimônio cultural, sugerindo-se, ao final, alternativas à implementação de políticas públicas integradoras para esta seara.

  • Share on Tumblr

As Instituições Preservacionistas e seus Papéis Soltos

Integração incompleta das instituições preservacionistas e culturais de Minas Gerais

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Share on Tumblr