Arquivo da tag: Locci

Sobrenome de família imigrante que viveu em Leopoldina.

Leopoldinenses nascidos em dezembro de 1917

Dia 1

Antonio, filho de Antonio Americo Martins e Maria Locci

Dia 4

José, filho de Francisco Narciso de Lacerda e Rita Guilhermina de Vargas

Dia 19

Nair, filha de Joaquim Francisco Antunes e Maria da Conceição Botelho

Dia 21

Domingos Richardelli, filho de Luigi Richardelli e Maria Perdonelli

Dia 22

José, filho de Artur Teixeira de Mendonça e Ana de Araújo Porto

Dia 27

Sebastiana e Sebastião, filhos de José Augusto Vargas e Cecilia Ferreira de Almeida

 

  • Share on Tumblr

Leopoldinenses nascidos em maio de 1917

3 de maio

Maria Locci, filha de Giuseppino Locci e Maria José Gonçalves Nobre

5 de maio

Angelina, filha de Braz Bispo Batista da Cruz e Rosa Pedroni

6 de maio

João, filho de Antonio Pereira da Silva e Matilde Portina do Patrocínio

9 de maio

Climário Soares Godinho, filho de Climério Duarte Godinho e Maria Soares

11 de maio

Francisco Zenobi, filho de Enrico Zenobi e Luigia Lorenzetto

13 de maio

Maria Teresa Carraro, filha de Eugenio Carraro e Sebastiana de Oliveira

17 de maio

Maria de Lourdes, filha de Avelino José de Almeida e Nelsina de Medeiros Pinto

18 de maio

Luiza de Souza Martins, filha de Alfredo Martins de Souza e Maria Faria

19 de maio

Iva Lorenzetto, filha de Antonio Lorenzetto e Maria Amélia Alencar

25 de maio

Maria Aparecida, filha de José Honorio de Vargas e Jovenila Martins Machado

27 de maio

Sebastião Pimentel, filho de Aurelio Pimentel e Carolina Marangoni

28 de maio

José Geraldi, filho de Enrico Geraldi e Rosa de Matos

 

  • Share on Tumblr

Castorina Cristina Nobre

Há 100 anos, no dia 19 de março de 1915, Castorina Cristina Nobre faleceu em Leopoldina. Ela era casada com Antonio José Gonçalves, natural de Argirita.

Castorina nasceu em Leopoldina, por volta de 1872, filha de Delfino Nobre e Antônia Cândida de Jesus. Foram seus filhos:

  •  Francisco José Gonçalves c/c Marta Maria Guarda;
  •  José Gonçalves Nobre c/c Josefina Marinato;
  •  Maria José Gonçalves Nobre c/c Giuseppino Locci;
  •  Delfim José Gonçalves c/c Maria Cândida das Dores;
  •  Joaquim José Gonçalves c/c Angelina Genebra Marinato;
  •  Ana Cunegundes Gonçalves c/c Antônio Carraro.
  • Share on Tumblr

Nascimentos em fevereiro de 1915

Leopoldinenses nascidos há 100 anos

7 fev

  • Geraldo, filho de Antonio José Gonçalves e de Castorina Cristina Nobre
  • Maria, filha de Cornelio Lopes da Rocha e de Joana de Oliveira Ramos
  • Sebastião, filho de Antonio Americo Martins e de Maria Locci

10 fev

  • Francisco Pereira Machado, filho de Teofilo José Machado e de Maria Pereira de Oliveira

11 fev

  • Angelina, filha de Satyro José de Moraes e de Maria Luiza das Dores
  • Olivio, filho de Custódio Lacerda Filho e de Etelvina Rodrigues Ferreira
  • Mário Vargas Neto, filho de Guilherme de Vargas Neto e de Maria Constância da Conceição

13 fev

  • Sebastião, filho de Guilherme Pereira de filho Castro e de Maria de Vargas Ferreira Brito

14 fev

  • Elza, filha de Quariguasi Horacio Lopes de Melo e de Olga

17 fev

  • Maria Aparecida, filha de Braz Schettino de Souza e de Maria Ramos de Melo

18 fev

  • Alzira Lammoglia, filha de Francisco Alves Lammoglia e de Luiza Guersoni

19 fev

  • Sebastiana, filha de Messias Apolinário de Viveiros e de Felisbina Rosa

20 fev

  • João, filho de Julio Alves Martins e de Marfisa Rodrigues Machado

21 fev

  • Emerenciana, filho de Pedro Pacheco de filho Carvalho e de Manoela Rodrigues de Moraes

23 fev

  • Guaraciaba Geraldini Pimentel, filho de Enrico Giuseppe Geraldini e de Vitalina Pimentel

24 fev

  • Nilo, filho de Virgilio Garcia de Matos e de Virgilina Machado

27 fev

  • Custódio, filho de Antonio Rodrigues do Vale e de Constança Ernestina Teixeira Dutra

28 fev

  • Alcides, filho de Antonio Rodrigues Machado e de Esmeraldina Ignacia de Moraes
  • Share on Tumblr

Celia Lima e João Locci: centenário de nascimento

No dia 14 de outubro de 1910, nasceram em Leopoldina:
Célia, filha de Custódio de Freitas Lima e Teresa Martins Vargas
João Locci, filho dos italianos Luigi Locci e Vicencia Deios
A identificação das duas crianças foi dificultada pela mesma causa comum a tantos outros casos: o livro original de batismos foi transcrito pelo Padre Aristides na década de 1920, sem que tenha sido realizada uma conferência. O original foi descartado.
No caso de Celia, a identificação foi um pouco mais fácil porque sua mãe descendia de vários povoadores e o trabalho de Mauro de Almeida Pereira ofereceu pistas que permitiram ampliar o conhecimento da família. Teresa Martins Vargas era bisneta de Antonio Rodrigues Gomes, Bento Rodrigues Gomes e Francisco de Vargas, sendo terceira neta, por parte de pai e mãe, de Manoel Antônio de Almeida.
Já a identificação de João Locci foi bem mais complicada, em virtude do sobrenome ter sofrido alterações e no município de Leopoldina terem vivido as famílias Sotti ou Zotti e Locci, cujos registros foram muitas vezes realizados com a mesma ortografia, levando-nos a acreditar que se tratava da mesma família. Entretanto, ao analisar a imigração da família Locci, procedente de San Vito, Cagliari, foi possível observar que não havia relação direta de parentesco com os Sotti. Todavia, é possível que em tempos remotos os Sotti e os Locci fizessem parte do mesmo tronco.
  • Share on Tumblr

130 anos da Imigração Italiana em Leopoldina

Continuamos hoje a responder nosso leitor que consultou sobre imigrantes italianos em Providência. E acrescentamos uma informação: a definição de 130 anos da Imigração em Leopoldina baseou-se na análise dos livros paroquiais. No ano de 1880 começam a aparecer os registros de italianos, sendo que os mais antigos remetem ao distrito de Campo Limpo, hoje Ribeiro Junqueira, como os De Marchi, os Rossi e Tambasco.
  • Binato, Doroteo  – nascido em Além Paraíba, casou-se em 1929, em Leopoldina, com Olga Gadas. Ela era natural do Egito e seu pai radicou-se no distrito de Ribeiro Junqueira depois de casar-se, em Providência, com a italiana Engracia Marsola.
  • De Marchi, Giovanni – radicado em Ribeiro Junqueira desde a chegada ao Brasil, em 1888, uma de suas filhas permanecia naquele distrito em 1942. Mas há um Marcelino de Marchi que chegou da Italia no mesmo ano e que pode ter vivido em Providência. Não era parente de Giovanni.
  • De Vitto, Michele  – casou-se em Leopoldina, em 1897, com a também italiana Angela Iborazzatti. Não sabemos onde residia.
  • Detabian, Giudetta Enricheta  – chegou a Leopoldina em 1888, casada com Domenico Zotti. Faleceu na sede municipal em 1911. Seus descendentes migraram para Simonésia, MG.
  • Fortunata, Alba  – casada com Daniele Locci, chegou em 1897 e foi morar em São Martinho, Providência.
  • Grace, Rosa  – italiana, em 1942 residia em Ribeiro Junqueira. Foi casada com Abrahão Miguel, provável imigrante sírio que mascateava em Providência por volta de 1910.
  • Share on Tumblr

Da Toscana e da Sardegna

Os sobrenomes Barbaglio, Minicucci, Pierotti, Prosperi e Vitoi são de imigrantes procedentes da Toscana que viveram no município de Leopoldina.

Da Sardegna temos Agus, Cadeddu, Cappai, Cucco, Duana, Fanni, Fois, Gessa, Lai, Mona, Picci, Porcu, Locci, Vargiolo e Zotti que foram encontrados em várias partes do território de Leopoldina.

Dois aspectos nos levam a reunir estas famílias. O primeiro é que parte delas se radicou no território de um distrito que hoje é o município de Argirita. O outro motivo é que os casamentos entre descendentes nos apontaram pelo menos um caso de vínculo nascido ainda na Italia, quando migrantes sardos se instalaram na Toscana e só mais tarde passaram ao Brasil.

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Share on Tumblr