Arquivo da tag: Colle

Sobrenome de família imigrante que viveu em Leopoldina.

Fevereiro de 1918

Nascimentos em Leopoldina

1 Fev 1918,

Argemira

pais: Alvaro de Souza Lima e Maria Augusta Guimarães

Lillo Codo

pais: Alfredo Codo e Luiza Teresa Napolitano

Sebastião Cecilio Marinato

pais: Vincenzo Sante Marinato e Maria Francisca de Jesus


2 Fev 1918,

Antonio

pais: Moisés dos Reis Coutinho Filho e Adelaide Ferreira Brito

Junis Botelho Falcão

pais: Luiz Botelho Falcão V e Ernestina Antunes Barbosa


3 Fev 1918, Ribeiro Junqueira,

Manoel

pais: Mário Alcântara e Carolina de Jesus


6 Fev 1918,

João Bonin

pais: Jacinto Bonin e Marcelina Colle

cônjuge: Maria da Conceição Moreira

Anselmo Deiana

pais:

Enrico Deiana e Silvia Basto Fazzolo


9 Fev 1918,

Antonio Cucco

pais: Giuseppino Cucco e Carolina Farinazzo

cônjuge: Ermelinda Sangirolami


18 Fev 1918,

Manoel de Freitas Ramos

pais: José Carlos de Oliveira Ramos e Geraldina de Freitas

cônjuge: Minah Freitas de Oliveira


19 Fev 1918,

Iracema do Vale

pais: João Rodrigues da Silva Vale e Odilia Dutra do Vale

cônjuge: Vicente Dietz de Almeida


27 Fev 1918,

Ruth Garcia

pais: Silvandino Funchal Garcia e Esmenia Ferreira

cônjuge: José Ribamar de Freitas

  • Share on Tumblr

Há 100 anos…

nasceram no município de Leopoldina

3 jan

  • Nivaldo Costa, filho de Tobias Figueira da Costa e de Mariana Vargas Neto

4 jan

  • Fortunato Sangirolami, filho de Pietro Sangirolami e de Paschoa Bonini

8 jan

  • Nilo, filho de Custódio de Freitas Limae de Tereza Martins Vargas

10 jan

  • Lucy Vargas Neto, filha de Joaquim Izidoro Vargas Neto e de Helcida Werneck
  • Sebastião, filho de Miguel Arcanjo Monteiro de Rezende e de Francisca de Rezende Lara

11 jan

  • Maria Meneghetti, filha de Felice Augusto Meneghetti e de Ida de Angelis
  • Antonio José Colle, filho de Francesco Colle e de Pierina Galasso

13 jan

  • Julio, filho de Custódio de Almeida Lustosa e de Maria das Dores de Freitas

14 jan

  • Francisco Ermini, filho de Agostino Ermini e de Luigia Giuliani

15 jan

  • Gerson, filho de Avelino José de Almeida e de Nelsina de Medeiros Pinto

24 jan

  • Nair, filha de Otavio José Ferraz e de Angelina de Almeida Ramos

25 jan

  • Adelia Zamagna ,filha de Claudio Zamagna e de Sofia Gigli
  • Share on Tumblr

João Pedro Bronzato: centenário de nascimento

18 de fevereiro de 1911 – Nasce em Leopoldina, filho de Giuseppe Bronzato e Rosa Ambrosi.
 
Em 1942 Dona Rosa residia no bairro da Onça, nas proximidades de onde fora a sede da Colônia Agrícola da Constança. Nascida em Verona, ela era filha de Pietro Ambrosi e Angela Bonfanti.
Giuseppe Bronzato e Rosa Ambrosi, acompanhados de um filho recém nascido, saíram de Verona em 1895 e em dezembro daquele ano foram registrados na Hospedaria Horta Barbosa, de onde saíram sob contrato com um fazendeiro de Santa Izabel, hoje Abaíba, distrito de Leopoldina.
Giuseppe e Rosa tiveram mais 5 filhos, nascidos em Leopoldina. Três deles uniram-se por matrimônio com as famílias Colle, Fofano e Sangalli.
De João Pedro, que hoje estariam completando 100 anos de idade, não temos notícias.
  • Share on Tumblr

Colonos empossados em Dezembro

Retomando as efemérides da Colônia Agrícola da Constança, hoje informamos as posses ocorridas no mês de dezembro.

Em dezembro de 1909, 4 colonos tomaram posse de lotes:

dia 4 – Augusto Mesquita – lote 41

dia 8 – Franz Negedlo, lote 48 e Karl Thier, lote 53

dia 10 – Fritz Zessin, lote 33

Em dezembro de 1910, no dia 28 foram empossados:

Pietro Balbini, lote 11

Francesco Colle, lote 12

Giuseppe Pittano, lote 13

Giovanni Sampieri, lote 14

Luigi Marcatto, lote 20

Angelo Bucciol, lote 21

Em dezembro de 1911, no dia 18 de dezembro Pedro Pacheco de Carvalho tomou posse do lote 62

  • Share on Tumblr

Sangirolami uniram-se aos Colle e Bonini

Quando publicamos os ancestrais de João Bonini, no dia 10 de julho, não incluímos os pais de Pierina Galasso por não termos outras informações além dos nomes. Hoje aproveitamos o pedido de descendente de José Colle, primo de João Bonini, para completar o quadro ascendente.

  • Share on Tumblr

Bonini e Colle, duas famílias da Constança

Temos recebido pedidos para publicar os nomes de antepassados imigrantes aqui no blog. Pedimos que nos informem o tipo de vínculo, por conta de alguns homônimos. Sempre que os tivermos no banco de dados, publicaremos.

O quadro abaixo responde a consulta sobre a filiação de João Bonin, filho de Jacinto e neto de Fortunato Bonini, que adquiriu o lote número 23 da Colônia Agrícola da Constança.
  • Share on Tumblr

Imigrantes do Veneto

No início de nossas pesquisas, quase todos os descendentes referiam-se a duas “cidades” como origem de seus antepassados: Padova e Venezia.
Como já era esperado, na medida em consultávamos os registros de nascimento descobríamos que alguns nasceram no interior daquelas províncias e não em suas capitais. E uma parte significativa era de outras províncias do Veneto. Só conseguimos localizá-los após longas buscas, geralmente partindo dos sobrenomes encontrados nas Liste di Leva.

Albertoni, Ambrosi, Anzolin, Artuzo, Baldo, Battisaco, Beatrice, Bedin, Bellan, Borella, Bronzato, Bullado, Calzavara, Cancelliero, Canova, Canton, Carraro, Cavallieri, Ceoldo, Chiata, Chinelatta, Coin, Colle, Dorigo, Farinazzo, Favero, Fazolato, Finotti, Fiorato, Fofano, Formenton, Gallito, Gallo, Gambato, Geraldini, Golinelli, Gottardo, Guarda, Guerra, Lamassara, Lazzarin, Lorenzetto, Magiollo, Maimeri, Malacchini, Manfrim, Maragna, Marangoni, Marcatto, Marchi, Marinato, Mattiazi, Meneghelli, Meneghetti, Modenese, Montagna, Montracci, Moroni, Netorella, Perdonelli, Perigolo, Pesarini, Pessata, Pighi, Pinzoni, Pradal, Principole, Rancan, Ranieri, Righetto, Rinaldi, Saggioro, Sampieri, Scantabulo, Simionato, Stefani, Toda, Togni, Tosa, Trevisan, Trombini, Venturi, Zaffani, Zamboni

Hoje sabemos que a informação de muitos descendentes estava equivocada, já que seus antepassados procediam de outras regiões da Itália. E ainda temos um grande número de famílias não localizadas. Até o momento podemos informar apenas os sobrenomes acima como procedentes de Venezia, Padova, Rovigo, Verona, Vicenza e Belluno.
  • Share on Tumblr

Os proprietários dos lotes da Colônia Agrícola da Constança

No momento em que os moradores de Leopoldina se movimentam para comemorar o Centenário da Colônia Agrícola da Constança, estamos recebendo diversas consultas sobre os proprietários dos lotes.

Sabemos que a área de 17.437.500,00 metros quadrados foi inicialmente dividida em 60 lotes, com cerca de 25 hectares cada um, além de um logradouro público. Posteriormente alguns lotes foram redivididos, atingindo um total de 72 unidades produtivas. Conseguimos identificar os proprietários de 64 lotes, sendo que em alguns casos encontramos também o nome do segundo comprador.

A relação a seguir foi organizada pelo número dos lotes que, quando repetidos, indicam os nomes dos primeiro e do segundo proprietários.

Lote Colono
1 Paula, João Baptista de Almeida
2 Passos, Manoel José dos
2 Pardal, Manoel Gomes
3 Macedo, Francisco Carneiro de
4 Lomba, Jesus Salvador
5 Lorenzi, Demetrio de
5 Meccariello, Carlo
6 Campagna, Felice Antonio
7 Carraro, Victorio
8 Fofano, Paschoal Domenico
9 Meneghetti, Felice
10 Santos, Augusto
11 Balbini, Pietro
12 Colle, Francesco
13 Pittano, Giuseppe
14 Sampieri Giovanni
15 Pumpemayer, Modesto
16 Montes, Auriel de Rezende
17 Reiff Júnior,Francisco Antonio
18 Silva, Jeronymo José da
19 Carvalho, João Pacheco de
20 Marcatto, Luigi
21 Bucciol, Angelo
21 Abolis, Francesco
22 Raipp, João Simão
22 Rodrigues, Antonio Augusto
23 Bonini, Fortunato
24 Travain, Eugenio
25 Meneghetti, Viúva de Luiz
26 Gottardo, Giovanni Baptista
27 Fofano, Carlo Batista
28 Abolis, Leopoldo
28 Montagna, Antonio
29 Boller, Giovanni
30 Mihe, Henrique
30 Lupatini, Giovanni
31 Krause, Herman
31 Boller, Luigi
32 Troche, Bruno
32 Boller, Giuseppe
33 Zessin, Fritz
34 Stefani, Eugenio
35 Casadio, Giuseppe
36 Ferreira, Francisco Dias
37 Cartacho, Manoel da Cruz
38 Secanelli, Angelo
39 Lupatini, Giovanni
40 Costa, José Manoel da
41 Mesquita, Augusto
42 Ferrari, Paschoal
44 Schaden, Franz
44 Rottemberg, Rudolf
45 Schill, August
45 Fischer, Gustav
46 Ketterer, Franz
47 Figueiredo, Julio Teixeira
48 Negedlo, Franz
48 Klaiber, João Jorge
49 Zessin, Wilhelm
50 Krauger, August
50 Beatrici, Pietro
51 Lang, Ernest
52 Hensul, Mathias
53 Thier, Karl
53 Beatrici, Felicio
54 Richter, Hermann
55 Anzolin, Giovanni Ottavio
56 Giuliani, Candido
57 Anzolin, Basilio
58 Carminatti, João
59 Carminatti, João
59 Pedroni, Angelo
60 Sellani, Sante
61 Brando, Braz
62 Carvalho, Pedro Pacheco de
63 Pardal, Manoel Gomes
64 Pardal, Manoel Gomes
66 Rodrigues, Antonio Augusto

  • Share on Tumblr

Pierina Galasso e Francesco Colle

Na postagem de 20 de abril de 2007 citamos Pierina Galasso, nascida na Italia no dia 29 de junho de 1873. Era filha de Pietro Galasso e Aguita Mota, conforme declarou no Requerimento para Registro de Estrangeiros realizado de acordo com o que dispunha o Decreto 3010 de 1938, que ficou conhecido como o “decreto de Getúlio”.Neste mesmo documento a declarante informou que passou ao Brasil em dezembro de 1910, tendo sido registrada na Hospedaria da Ilha das Flores. Entretanto, nada localizamos nos livros da Hospedaria. Por outro lado, consultamos o comune de San Michele ao Tagliamento e recebemos a confirmação de que ali Pierina se casara com Francesco Colle no dia 15 de abril de 1894, sendo natural de Latisana, Udine, Friuli-Venezia Giulia.

Agora recebemos consulta de um leitor a respeito de parentesco entre Pierina Galasso e dois outros usuários do sobrenome que teriam vivido na zona da mata mineira. Nada podemos afirmar a respeito porque não estudamos as outras famílias citadas. Através do Sistema Integrado de Acesso do Arquivo Público Mineiro, vimos que Filomena Galasso passou ao Brasil em 1888, pelo mesmo vapor Washington no qual viajaram vários imigrantes que se estabeleceram em Leopoldina. Entretanto, no livro de registro consta que Filomena saiu da Hospedaria Horta Barbosa com destino a Rio Novo. Quanto ao outro nome da consulta, nada sabemos sobre Giovanni Galasso que, segundo o site já citado, veio para o Brasil em 1892.

Em dezembro de 1910, o casal Francesco Colle e Pierina Galasso tomou posse do lote número 12 da Colônia Agrícola da Constança, em Leopoldina, MG. Em 1942, Pierina continuava morando ali.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Share on Tumblr