Arquivo da tag: Cartacho

Sobrenome de família imigrante que viveu em Leopoldina.

Colônia Agrícola da Constança: 108 anos

Lotes da Colônia Agrícola da Constança
  • Share on Tumblr

Há 100 anos

Leopoldinenses nascidos em agosto de 1914

Luiza Maria Lai 2-ago filha de Vito Lai e de Felismina Lopes
Dalzira 12-ago filha de Antonio Luiz de Medeiros e de Tereza Maria de Nazareth
José de Almeida 12-ago filho de José Vitorino de Almeida e de Leonor Pereira de Oliveira
Maria da Conceição 15-ago filha de Manoel da Cruz Cartacho Filho e de Maria Nascimento
Antonio Fofano 15-ago filho de Giuseppe Fofano e de Maria Rosa Marcatto
Rosa Bartoli 16-ago filha de Alberto Bartoli e de Natalina Sardi
Avelina Maria Sangalli 17-ago filha de Angelo Giulio Sangalli e de Carolina Sangirolami
Bernardo 20-ago filho de Bernardo Rodrigues Y Rodriguez e de Regina Rosa da Silva
Costantino João Anzolin 20-ago filho de Giovanni Ottavio Anzolin e de Rosa Pasianot
José Ladeira 20-ago filho de Jovencio José de Oliveira e de Alice Garcia de Matos
Cirilo 20-ago filho de Antonio Luiz Neto e de Maria Sebastiana de Oliveira
Thier 23-ago filho de Luiz Eugênio Botelho e de Cynira Capdeville
Rosa Carraro 26-ago filha de Vittorio Carraro e de Elisabetta Carraro
Jandira Almeida 29-ago filha de Francisco Antonio de Almeida e de Francisca Pereira de Oliveira
Agostinho Giuliani 29-ago filho de Luigi Giuliani e de Teresa Ermini
Maria Sebastiana 30-ago filha de Manoel Gonçalves Ferreira e de Eliza de Andrade Neto
  • Share on Tumblr

30 de janeiro na Colônia Agrícola da Constança

Há 100 anos, Manoel da Cruz Cartacho tomou posse do lote 37 da Colônia Agrícola da Constança. Nascido em Leopoldina em 1890, era filho de outro do mesmo nome que procedia de Portugal ou das Ilhas Atlânticas portuguesas.
  • Share on Tumblr

Os proprietários dos lotes da Colônia Agrícola da Constança

No momento em que os moradores de Leopoldina se movimentam para comemorar o Centenário da Colônia Agrícola da Constança, estamos recebendo diversas consultas sobre os proprietários dos lotes.

Sabemos que a área de 17.437.500,00 metros quadrados foi inicialmente dividida em 60 lotes, com cerca de 25 hectares cada um, além de um logradouro público. Posteriormente alguns lotes foram redivididos, atingindo um total de 72 unidades produtivas. Conseguimos identificar os proprietários de 64 lotes, sendo que em alguns casos encontramos também o nome do segundo comprador.

A relação a seguir foi organizada pelo número dos lotes que, quando repetidos, indicam os nomes dos primeiro e do segundo proprietários.

Lote Colono
1 Paula, João Baptista de Almeida
2 Passos, Manoel José dos
2 Pardal, Manoel Gomes
3 Macedo, Francisco Carneiro de
4 Lomba, Jesus Salvador
5 Lorenzi, Demetrio de
5 Meccariello, Carlo
6 Campagna, Felice Antonio
7 Carraro, Victorio
8 Fofano, Paschoal Domenico
9 Meneghetti, Felice
10 Santos, Augusto
11 Balbini, Pietro
12 Colle, Francesco
13 Pittano, Giuseppe
14 Sampieri Giovanni
15 Pumpemayer, Modesto
16 Montes, Auriel de Rezende
17 Reiff Júnior,Francisco Antonio
18 Silva, Jeronymo José da
19 Carvalho, João Pacheco de
20 Marcatto, Luigi
21 Bucciol, Angelo
21 Abolis, Francesco
22 Raipp, João Simão
22 Rodrigues, Antonio Augusto
23 Bonini, Fortunato
24 Travain, Eugenio
25 Meneghetti, Viúva de Luiz
26 Gottardo, Giovanni Baptista
27 Fofano, Carlo Batista
28 Abolis, Leopoldo
28 Montagna, Antonio
29 Boller, Giovanni
30 Mihe, Henrique
30 Lupatini, Giovanni
31 Krause, Herman
31 Boller, Luigi
32 Troche, Bruno
32 Boller, Giuseppe
33 Zessin, Fritz
34 Stefani, Eugenio
35 Casadio, Giuseppe
36 Ferreira, Francisco Dias
37 Cartacho, Manoel da Cruz
38 Secanelli, Angelo
39 Lupatini, Giovanni
40 Costa, José Manoel da
41 Mesquita, Augusto
42 Ferrari, Paschoal
44 Schaden, Franz
44 Rottemberg, Rudolf
45 Schill, August
45 Fischer, Gustav
46 Ketterer, Franz
47 Figueiredo, Julio Teixeira
48 Negedlo, Franz
48 Klaiber, João Jorge
49 Zessin, Wilhelm
50 Krauger, August
50 Beatrici, Pietro
51 Lang, Ernest
52 Hensul, Mathias
53 Thier, Karl
53 Beatrici, Felicio
54 Richter, Hermann
55 Anzolin, Giovanni Ottavio
56 Giuliani, Candido
57 Anzolin, Basilio
58 Carminatti, João
59 Carminatti, João
59 Pedroni, Angelo
60 Sellani, Sante
61 Brando, Braz
62 Carvalho, Pedro Pacheco de
63 Pardal, Manoel Gomes
64 Pardal, Manoel Gomes
66 Rodrigues, Antonio Augusto

  • Share on Tumblr

Os primeiros moradores da Colônia Agrícola da Constança

Conforme temos dito em várias oportunidades, a Colônia Constança não acolheu apenas imigrantes italianos. Ao transferimos para este novo endereço os textos publicados no final da década passada, voltamos a receber consultas sobre a presença de outras nacionalidades naquele núcleo colonial. Por esta razão, republicamos algumas informações que obtivemos nos Relatórios da Diretoria de Terras e Colonização de Minas Gerais.

No decorrer do ano de 1909, iniciaram-se os trabalhos de preparo dos lotes do núcleo que acolheria imigrantes em Leopoldina. A 12 de abril de 1910 foi assinado o Decreto 280 criando a Colônia Agrícola da Constança. O primeiro morador foi o Sr. João Baptista de Almeida Paula, que passou a residir naquele núcleo a 01.07.1909. Nos meses de novembro e dezembro de 1909, a Colônia recebeu as famílias de Mathias Hensul, Franz Ketterer, August Krauger, August Schill, Wilhelm Zessin, Augusto Mesquita, Franz Negedlo, Karl Thier e Fritz Zessin, mencionados nesta ordem de chegada no relatório do administrador da Colônia. Em janeiro de 1910, foram instaladas as famílias de Herman Krause, Ernest Lang, Franz Schaden, Bruno Troche e Manoel da Cruz Cartacho.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
  • Share on Tumblr